‘Festival Up!’ abre oportunidade para mais mil artistas independentes

O “Festival Up!” entra em sua segunda fase como o maior festival online em número de artistas independentes da América Latina. São mais de 20 mil inscritos de todo o Brasil e aproximadamente 800 mil visualizações em seus canais – YouTube, IGTV e no portal. Patrocinado pela Vale, o festival foi criado pelo Instituto Ekloos para minimizar o impacto que os profissionais independentes de cultura sofreram com os desafios trazidos pelo distanciamento social.

A nova etapa apresentará o trabalho de mais mil artistas independentes nas áreas de música, dança, literatura, teatro, humor e, agora, circo, respeitando os parâmetros de isolamento. As inscrições seguem abertas até o dia 12 de setembro em festivalup.org.     

Outra novidade desta segunda fase é que o “Festival Up!” vai doar uma cesta básica a cada 100 visualizações no portal. São 1.200 cestas, que serão entregues a famílias de profissionais de cultura que foram impactadas negativamente pela pandemia. A seleção de será feita pelo Rio Contra Corona, gerido pelo Banco da Providência, Instituto Ekloos e Instituto Phi, para mobilizar a sociedade e conseguir doações para comunidades do Rio de Janeiro e Região Metropolitana. As três organizações estão trabalhando de forma voluntária e 100% das cestas são direcionadas para as doações.

Além disso, o festival tem uma parceria com a ONErpm, plataforma de distribuição digital de música que gera oportunidades e visibilidade para artistas, criadores e proprietários de conteúdo. Juntos, vão oferecer curso gratuito sobre desenvolvimento de carreira para os mais de 6.000 inscritos na categoria de música do festival, o primeiro curso oferecido teve suas vagas preenchidas através de inscrição prévia pelas redes sociais em menos de 24h depois do início das inscrições. Este é o primeiro de uma série de cursos que estão por vir e direcionados para as áreas de atuação dos participantes. 

Linguagens para participar

Agora são seis áreas de atuação: Música, Teatro, Dança, Literatura, Humor e Circo. Para cada uma delas basta que os artistas publiquem conteúdos próprios no YouTube e, em seguida, façam a inscrição em www.festivalup.org. Os curadores definirão se o conteúdo está apto a participar do Festival. Para cada vídeo aprovado, o artista receberá uma ajuda de custo de R$ 300,00. Até o final, serão selecionados trabalhos de 2.000 artistas independentes. 

Serviço

Inscrições e informações em www.festivalup.org até 12/9.    

Compartilhe!