Festival Marcha dos Orixás celebra as religiões de matriz africanas através da música

Anualmente, sempre no dia 15 de novembro, o Dia Nacional da Umbanda e do Umbandista, ocorrerá essa celebração, que tem por objetivo homenagear as divindades das religiões de matriz-africanas, fruto de um projeto de lei aprovado pela Câmara Municipal, por iniciativa do vereador Quito Formiga. A musicalidade oriunda de terreiros de umbanda e candomblé poderá ser vista e ouvida no Festival Marcha dos Orixás, evento que marca a entrada no calendário oficial da cidade de São Paulo da Marcha dos Orixás.

Em virtude da pandemia e das eleições, o evento foi gravado no dia 08 de novembro ao longo de cerca de cinco horas, direto da casa de espetáculos Nitro Night, reunindo artistas adeptos da religião e respeitando os protocolos de segurança sanitária.

Participam do Festival Marcha dos Orixás o grupo Aláfia (ao lado do lendário DJ KL Jay, dos Racionais Mc’s, num show especialmente criado para celebrar a umbanda), o Grupo Vou pro Sereno, as cantoras e compositoras Carla Ponsi e Larissa Luz, os DJ’s DanDan (parceiro do cantor Criolo) e Eduardo Brechó (também integrante do Aláfia), além do cantor e compositor Toninho Geraes.

A transmissão ocorrerá nos dias 19, 20 e 21 de novembro, pelos canais oficiais da Marcha dos Orixás no Facebook, Instagram e YouTube e integra as celebrações pelo Dia da Consciência Negra e reforçando o caráter diverso e a vocação plural da capital paulista.

Confira a Programação

Data: 19/11. Quinta, 18h às 21h.

Apresentações: Vou pro Sereno,Eduardo Brechó e DJ DanDan.

Data: 20/11. Sexta, 18h às 21h.

Apresentações: Larissa Luz, Aláfia e KL Jay.

Data: 21/11. Sábado, 18h às 21h.

Apresentações: Toninho Geraes e Carla Ponsi.

Serviço

Transmissão nas Redes Sociais.

Data: 19 a 21/11. Quinta a sábado, 18h às 21h.

Facebook, Instagram e YouTube: @festivalmarchadosorixas

Compartilhe!