Mostra da artista paulista coloca em discussão o lugar da mulher negra na sociedade contemporânea e a herança da escravidão.

A Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, apresenta, de 8 de dezembro de 2018 até 4 de março de 2019, a exposição “Rosana Paulino: A Costura da Memória”. Reconhecida pelo enfrentamento de questões sociais que despontam da posição da mulher negra na sociedade contemporânea, a artista apresenta mais de 140 obras produzidas ao longo de vinte e cinco anos.

A mostra encerra o ano dedicado às artistas mulheres na Pinacoteca. Ao revolver o início de sua história pessoal, Rosana Paulino observa que o problema da representação dos negros traduz-se na sua quase ausência nos mais variados aspectos da vida dos brasileiros e na história, sobretudo na história das artes visuais.

Serviço

Curadoria: Valéria Piccoli e Pedro Nery.

Local: Pinacoteca – Praça da Luz, 2 – Luz – São Paulo.

Abertura: 8/12. Sábado, às 11h.

Visitação: 8/12 a 4/3/19. Quarta a segunda, 10h às 17h30.

Ingressos: R$ 6,00 (entrada); R$ 3,00 (meia-entrada). Aos sábados, a entrada da Pina é gratuita para todos.

Importante: A partir do dia 2 de janeiro de 2019, o ingresso passará a custar R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada).

Compartilhe!