Conjunto de 120 obras, produzidas entre o século 19 e início do século 20, traz imagens de ateliê, retratos e autorretratos que demonstram a preocupação com a legitimação do trabalho do artista no Brasil.

A Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, apresenta, de 8 de dezembro de 2018 até 25 de fevereiro de 2019, a exposição “Trabalho de artista: imagem e autoimagem (1826-1929)”. A exposição apresenta um conjunto com cerca de 120 obras – pinturas, esculturas, gravuras e desenhos.

São 33 autores, mulheres e homens, que representaram seu trabalho e suas figuras de artista, entre o século 19 e início do século 20, período em que se constitui o sistema artístico moderno no Brasil.

Artistas Participantes: Abigail de Andrade, Amadeu Zani, Antônio Parreiras, Arthur Timótheo da Costa, Beatriz Pompeu de Camargo, Benedito Calixto, Benjamin Parlagreco, Carlos Chambelland, Carlos De Servi, Dario Villares Barbosa, Edgard Parreiras, Eliseu Visconti, Eugênio Latour, Gaston Gérard, Georgina de Albuquerque, Giuseppe Leone Righini, Henrique Bernardelli, José Ferraz de Almeida Júnior, Lucilio de Albuquerque, Marques Campão, Modesto Brocos, Nicolas Antoine Taunay, Numa Camille Ayrinhac, Oscar Pereira da Silva, Pedro Américo, Pedro Peres, Pedro Weingartner, Rafael Frederico, Regina Veiga, Rodolfo Amoedo, Rodolpho Bernardelli, Theodoro Braga e Theodoro de Bona.

Serviço

Curadoria: Fernanda Pitta (Pinacoteca), Ana Cavalcanti (Escola de Belas Artes, UFRJ) e Laura Abreu (Museu Nacional de Belas Artes).

Assistência de curadoria: Khadyg Fares.

Abertura: 8/12. Sábado, 11h.

Visitação: 8/12 a 25/2/19. Quarta a segunda, 10h às 17h30.

Local: Pinacoteca – Praça da Luz 2, São Paulo.

Ingressos: R$ 6,00 (entrada). R$ 3,00 (meia-entrada). Aos sábados, a entrada da Pina é gratuita para todos.

Importante: A partir do dia 2/1/19, o ingresso passará a custar R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada).

Compartilhe!