A mostra “Pasteur, o Cientista” ocupa o Sesc Interlagos a partir de 6 de fevereiro a 26 de julho, em um espaço de 730 m² de área expositiva. A exposição foi organizada e concebida pela Universcience – órgão do Ministério da Cultura da França – e é uma realização no Brasil do Sesc SP, com patrocínio da Sanofi Brasil e do Magazine Luiza e apoio da Embaixada da França no Brasil.

Um gênio da ciência, um pesquisador obstinado e um mestre na difusão de informações. Louis Pasteur, nascido no interior da França em 1822, de uma família de curtidores de couro, fez avançar a Química e a Medicina no século XIX e, como um dos criadores da Microbiologia, redefiniu horizontes ao provar que existem micro-organismos e ao definir como se reproduzem, proliferam e colonizam outros organismos – e são responsáveis pelas doenças infecciosas.

A exposição faz uma permanente contextualização da trajetória de Louis Pasteur, principalmente em relação aos acontecimentos da Europa e às descobertas do chamado século das invenções – em que surgiram o trem, a fotografia e o cinema, os motores a explosão, dirigíveis, telégrafo, telefone, iluminação pública e tantos outros símbolos da modernidade. Como em uma peça de teatro, a exposição é dividida em prólogo, atos e epílogo, para recontar sua jornada e descobertas.

Foto: Instituto Pasteur de Paris.

Serviço

Local: Sesc Interlagos – Av. Manuel Alves Soares, 1100 – Parque Colonial – São Paulo.

Visitação: 6/2 a 26/7. Quarta a domingo, 10h às 17h.  

Ingressos: Grátis.

Classificação: Livre.