[Exposição] Leonilson tem sua trajetória celebrada em retrospectiva que reúne mais de 120 obras no Centro Cultural Fiesp.

[Exposição] Leonilson tem sua trajetória celebrada em retrospectiva que reúne mais de 120 obras no Centro Cultural Fiesp.

Expoente da arte contemporânea brasileira, José Leonilson (1957-1993) é autor de uma obra singular e autobiográfica. O artista cearense radicado em São Paulo tomou os sentimentos, a sexualidade e as relações amorosas de si e daqueles que o cercavam para refletir sobre a condição humana. A partir do dia 20 de fevereiro, o público poderá conferir de perto seu universo em Leonilson: arquivo e memória vivos, exposição gratuita que o Centro Cultural Fiesp recebe até 19 de maio.

Com curadoria de Ricardo Resende, a mostra reúne mais de 120 obras, várias inéditas, entre pinturas, desenhos e bordados, parte delas restrita por décadas a coleções particulares e institucionais, pouco ou nunca antes vistas em São Paulo. A seleção apresentada é resultado da pesquisa e publicação do catálogo raisonné do artista, lançado em 2017. Por ocasião da exposição, será lançado e comercializado pelo Projeto Leonilson um trabalho inédito, de edição póstuma: uma linoleogravura sobre papel japonês, com 100 exemplares numerados*.

A exposição divide-se em três núcleos cronológicos, acompanhando a carreira do artista: anos 1970, anos 1980 e, por fim, os anos 1990 (Leonilson faleceu jovem, aos 36 anos de idade, em decorrência da Aids).

Ainda no espaço expositivo, a exibição em looping de Leonilson, sob o Peso dos Meus Amores, média-metragem de Carlos Nader que traz entrevistas com figuras próximas ao artista, entre as quais a irmã Ana Lenice da Silva, a amiga Leda Catunda, e os curadores Adriano Pedrosa, Lisette Lagnado e Ricardo Resende.

Serviço:
Local: Centro Cultural Fiesp – Av. Paulista, 1313 – Cerqueira César – São Paulo
Data: 20/2 a 19/5. Terça a sábado, 10h às 22h. Domingos, 10h às 20h.
Ingressos: Grátis.

Informações: (11) 3146-7000.

Sem comentários

Insira um Comentário