[Exposição] Itaú Cultural abre, dia 20 de julho, Ocupação Lydia Hortélio

O Itaú Cultural abre, dia 20 de julho, a Ocupação Lydia Hortélio, que desta vez homenageia a educadora e pesquisadora baiana Lydia Hortélio. A exposição pretende encantar adultos e crianças, já que Lydia, hoje com 86 anos, pautou a sua trajetória entre pesquisas de cantorias, acalantos, brincadeiras, brinquedos e jogos que povoam os primeiros anos de vida das crianças. A equipe do Instituto assina a curadoria ao lado de Gandhy Piorski e Adelsin Murta.

Na mostra, o público é convidado a entrar neste universo, com referências a paisagens naturais onde se brinca, por exemplo, com cinco pedrinhas ou a amarelinha – existem centenas de modalidades desta brincadeira em todo o mundo, como Lydia descobriu –, a ouvir acalantos (músicas de ninar) e canções de ciranda de roda. E entre fotografias, audiovisuais, manuscritos e depoimentos em vídeo, recria-se ainda a trajetória de vida e das pesquisas desta mulher, cujo trabalho teve início pela música.

Na mostra, o público, é convidado a se reencontrar e interagir com esse universo logo na entrada da exposição, podendo entrar no espaço por meio das paredes feitas de cama de gato – aquela brincadeira com barbante –, deitar em almofadas instaladas em tendas para ouvir acalantos, e conhecer e reconhecer brincadeiras como amarelinha, cinco pedrinhas, bonecas de pano e carrinhos de lata.

Foto: André Seiti.

Serviço

Local: Itaú Cultural – Avenida Paulista, 148 – Bela  Vista – São Paulo.

Visitação: 21/7 a 8/9. Terça-feira a sexta-feira, 9h às 20h. Sábados, domingos e feriados, 11h às 20h.

Ingressos: Grátis.

Informações: (11) 2168-1777.

Comentários (0)
Comentar