Projetos, maquetes, desenhos, esculturas, esboços, pinturas, gravuras e matrizes produzidas pelo artista Sérvulo Esmeraldo  compõem a exposição “Sérvulo Esmeraldo: Linguagens múltiplas”. A mostra estará em cartaz em dois espaços: no Instituto de Arte Contemporânea  (IAC) e no Museu Belas Artes de São Paulo (MUBA). Nascido no Crato, Ceará, o artista completaria 90 anos em 27 de fevereiro de 2019.

Tendo vivido em Paris entre 1957 e o final dos anos 1970, a mostra apresenta os processos desenvolvidos pelo artista durante esse período e destaca distintas facetas criativas de Sérvulo Esmeraldo. Tais pesquisas o levaram à experimentação em vários suportes como a gravura, o desenho, a pintura, a escultura e objetos de natureza criativa e inventiva. Das investigações amplamente aprimoradas com meios e técnicas, Sérvulo produziu o conceito dos ‘excitables’ por meio dos quais a necessária participação do público “aciona” a obra colocando tais trabalhos no âmbito da arte cinética.

A exposição tem curadoria de Vinícius Marangon, membro do Grupo Experimental de Curadoria do IAC criado e coordenado por Marilúcia Bottallo. Nela serão apresentados projetos, maquetes, desenhos, esculturas, esboços, pinturas, gravuras e matrizes que darão ao público do IAC a oportunidade de conhecer um pouco mais Esmeraldo, um artista inquieto, pesquisador, original e fundamental para a compreensão da arte produzida no período.

Serviço:

Data: de 14/3 a 1/6.

Local: Instituto de Arte Contemporânea – IAC e Museu Belas Artes de São Paulo.

Rua Dr. Álvaro Alvim, 76 (MUBA)  e 90, 1º andar (IAC) – Vila Mariana – São Paulo.

Informações: (11) 3255-2009.

Compartilhe!