O IMS Paulista abrirá duas novas exposições dia 17 de setembro: “J. Carlos – Originais” e “Harun Farocki: quem é responsável?”. A primeira apresentará a obra do ilustrador e cartunista J. Carlos (1884-1950), autor de uma das mais poderosas crônicas visuais do Brasil na primeira metade do século 20. A segunda, por sua vez, traz o trabalho do artista e cineasta alemão Harun Farocki (1944-2014), referência no campo da videoarte.

A mostra de J.Carlos reúne cerca de 300 itens, entre publicações e desenhos. A seleção apresenta um panorama de sua extensa produção, que inclui caricaturas, charges, cartuns, alfabetos tipográficos, publicidade, enfim, todo o universo gráfico das primeiras revistas ilustradas do Brasil. A curadoria é de Cássio Loredano, Julia Kovensky e Paulo Roberto Pires.

“Harun Farocki: quem é responsável?” traz sete obras que investigam o mundo do trabalho. Em filmes e videoinstalações, Farocki reflete sobre como os meios de produção e as tecnologias delineiam relações pessoais e a organização social. A seleção é de Antje Ehmann, curadora do espólio Harun Farocki, em Berlim, e Heloisa Espada, coordenadora de Artes Visuais do IMS.

Serviço

Local: IMS Paulista – Avenida Paulista, 2424 – Consolação – São Paulo.

Período expositivo: “J. Carlos – Originais” – 17/9 a 26/1/2020. “Harun Farocki: quem é responsável?” – 17/9 a 5/1/2020. Terça a domingo e feriados (exceto segunda), 10h às 20h.

Ingressos: Grátis.

 

Compartilhe!