O Sesc Pompeia promove a exposição “Floresta d’água”, de Afonso Tostes, até 18 de agosto. A mostra estreia o projeto Ofício: Farpa, que investigará o uso de técnicas tradicionais e práticas artesanais (abordadas nas Oficinas de Criatividade da unidade) na produção artística contemporânea, começando pela marcenaria. A curadoria é de Daniel Rangel. Troncos secos, madeiras de demolição, remos, cordas, água doce e salgada, pedras e barro são alguns dos materiais e objetos coletados ou negociados pelo artista.

Obras de grandes dimensões, criadas especialmente para a exposição, ocuparão os corredores das Oficinas. Logo na entrada, estará a escultura Igbo (2019), com mais de 5m de altura. Formada por três pedaços de troncos empilhados de maneira irregular, sustentados por outras esculturas. “O trabalho desloca o visitante para um outro espaço e tempo. Seu impacto visual é ampliado pela relação inerente de sua coluna natural com a estrutura amadeirada do telhado do edifício”, explica o curador.

Serviço

Local: Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93 -Pompeia – São Paulo.

Visitação: até 18/8. Terça a sábado, 10h às 21h30. Domingos e feriados, 10h às 18h30.

Ingressos: Grátis.

Compartilhe!