O Sesc Pompeia apresentará, a partir de 25 de setembro, a exposição “Entrevendo”, uma antologia poética e histórica de Cildo Meireles. O título da mostra toma emprestado o nome de um trabalho de 1970/1994. Em forma de um túnel sem saída, a instalação de madeira convida o visitante a entrar e caminhar em direção a uma fonte de vento quente, enquanto derretem em sua boca gelos de água doce e salgada.

Entrevendo” está entre as cerca de 150 obras do artista, produzidas desde os anos 1960 até os dias atuais, em diferentes linguagens, suportes e temas, que foram selecionadas pelos curadores Júlia Rebouças e Diego Matos. A mostra preenche uma lacuna histórica de duas décadas sem uma retrospectiva deste que é um dos mais importantes artistas brasileiros.

 Para apresentar o maior acervo de Cildo Meireles já exposto na América Latina, que inclui trabalhos inéditos no Brasil e outros nunca mostrados em conjunto, a dupla partiu da ideia polissêmica de “sentido”. Sensação, compreensão, sinestesia, escala, direção e propósito surgem em diversas camadas na produção do artista, ao longo de mais de 50 anos de trajetória.

 Serviço

Local: Sesc Pompeia: Rua Clélia, 93 – Água Branca – São Paulo.

Temporada: 25/9 a 2/2/2020. Terça a sábado, 10h às 21h30. Domingo e feriado, 10h às 19h30.

Ingressos: Grátis.

Compartilhe!