O Centro Cultural São Paulo receberá, nos dias 22 e 23 de março, a terceira edição do Women’s Music Event (WME) Conference, evento focado em música, negócios e tecnologia. A programação irá reunir mais de 100 mulheres, entre artistas e profissionais da música brasileira. A cantora Céu será a madrinha do encontro.

Serão 15 painéis, 8 workshops e novidades como o Pitch dos Estados, um momento em que produtores culturais de várias regiões do país irão proporcionar uma imersão pela cena de 6 estados brasileiros, além de rodada de negócio, entrevistas com artistas sobre álbuns específicos, networking, festas e shows. No domingo, dia 24, acontece uma grande festa gratuita de encerramento da WME Conference 2019. Para participar da extensa programação de painéis, workshops e momentos de networking, o valor do ingresso é de R$ 50,00 (R$ 25,00 meia-entrada) por dia.

A programação conta ainda com uma noite de música brasileira (sexta, 22/3) no Jazz nos Fundos e uma festa (no sábado, 23/3) dedicada à música eletrônica no Clube Jerome. Os temas de alguns workshops já estão definidos, entre eles o de Produção Executiva de Festivais e Festas, Gestão de Carreira Artística; Marcas & Talentos e Começando na Profissão de VJ. A jornalista e DJ Claudia Assef e a produtora cultural e advogada Monique Dardenne (foto) são as idealizadoras do evento.

Confira alguns dos painéis já confirmados no WME Conference:

Sustentabilidade – Quando o legado musical de uma festa ou festival combina com baixo impacto para o meio ambiente, todo mundo ganha.
O Som das Refugiadas – O Brasil se consolidou como um importante destino de imigrantes em busca de sobrevivência longe de casa. Todos lucram quando essas vivências se transformam em música. Conheça histórias poderosas de algumas dessas refugiadas.
Management, profissão perigo – Como empresárias mantém a sanidade diante das demandas malucas de artistas. Performance é uma arte – Nem todo mundo veio com o DNA da performance nas veias. Neste painel, artistas que sabem exatamente como domar multidões contam seus segredos (ou não) de palco.
O feminino muito além do RG – Como a música pode acelerar a quebra de tabus envolvendo representatividade de gêneros.
O artista nas redes sociais – O que veio antes, o post ou a vida? Em que ordem pensamos nossas ações? Fazer Stories pode ser autopromoção, mas também é ativismo? Como as artistas enxergam suas plataformas

Serviço

Local: Centro Cultural São Paulo. Rua Vergueiro, 1000, Liberdade, São Paulo.

Data: 22 e 23 de março, a partir das 11h.

Ingressos: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia-entrada) por dia de evento. Passaporte contemplando os 2 dias, festa no Clube Jerome e show no Jazz nos Fundos: R$ 150,00 (R$ 75,00 meia-entrada). Na compra do passaporte completo há uma bolsa do evento de brinde.

Compartilhe!