A partir de 9 de outubro, o Sesc 24 de Maio recebe a “21ª Bienal de Arte Contemporânea Sesc Videobrasil – Comunidades Imaginadas”. O evento reúne mais de 60 obras e duas coleções, 55 artistas de 28 países, entre vídeos, pinturas, fotografias e instalações. A presença dos nacionalismos para a compreensão das disputas que marcam o nosso tempo. É este o cenário sobre o qual se debruça o evento.

Juntos, a diretora artística Solange Farkas, o trio de curadores Gabriel Bogossian, Luisa Duarte e Miguel López e os membros do júri de seleção Alejandra Hernández Muñoz, Juliana Gontijo e Raphael Fonseca analisaram 2.280 inscrições, de 105 nacionalidades para selecionar obras advindas do Brasil, América Latina, África, Ásia, Oriente Médio e Oceania.

A “21ª Bienal de Arte Contemporânea Sesc Videobrasil – Comunidades Imaginadas” toma de empréstimo o título do clássico estudo de Benedict Anderson para pensar nos tipos de organização social e comunitária que existem para além, às margens ou nas brechas dos Estados-nação: comunidades religiosas ou místicas, grupos refugiados de seus territórios originais, comunidades clandestinas, fictícias, utópicas ou aquelas constituídas nos universos subterrâneos de vivências corporais, sexuais.

Serviço

Local: Sesc 24 de Maio – Rua 24 de Maio, 109 – Centro – São Paulo.

Visitação: 9/10 a 2/2/2020. Terça a sábado, 9h às 21h. Domingos e feriados, 9h às 18h.

Ingressos: Grátis.

Compartilhe!