O Portal da Arte Brasileira

Espetáculo “Preta do Ébano” faz sessões presenciais no Teatro Armando Gonzaga, no Rio

0 10

Graças ao Prêmio de Montagem Teatral da FUNARJ, “Preta de Ébano” – que estreou em julho no Teatro Glaucio Gill, em Copacabana – agora tem duas sessões no dia 4 de setembro, sábado, 14h e 16h , no Teatro Armando Gonzaga, em Marechal Hermes, espaço da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa/FUNARJ. E, ainda em outubro, o espetáculo vai ter uma temporada on-line.

“Preta de Ébano” é muito mais do que uma princesa. Com suas perguntas, ela será capaz de salvar a si e ao seu reino, mas não fará isso sozinha. Ela vai contar com o poder da orientação ancestral das Três Senhoras. Juntas, elas vão pesquisar a magia das ervas, do tempo e do mistério. O trabalho traz reflexões essenciais sobre igualdade de gênero, racismo e respeito à ciência. Valores importantes para formar novas gerações com menos preconceitos e mais conscientes. Preta de Ébano representa várias mulheres negras: mães, filhas, professoras, sábias, cientistas, heroínas.

Nas apresentações da peça no Teatro Armando Gonzaga, a atriz Luiza Loroza, que foi a narradora da saga da princesa negra, será substituída pela atriz, cantora e compositora Luellem de Castro.

Post Patrocinado

Foto: Ana Valéria Gonçalves.

Ficha Técnica

Texto, idealização e coordenação geral: Gisela de Castro. Direção e movimentação cênica: Natália Balbino. Atuação e canto: Luellem de Castro. Direção musical e trilha original: Maíra Freitas.

Serviço

Local: Teatro Armando Gonzaga – Av. Gen. Osvaldo Cordeiro de Farias, 511 – Mal. Hermes – Rio de Janeiro.

Data: 4/9. Sábado, 14h e 16h,

Classificação: Livre.

Ingressos: R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia-entrada).

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

X