O Portal da Arte Brasileira

Espetáculo “Eu Amarelo” realiza temporada no Teatro Dulcina até 14 de novembro

0 11

“Eu Amarelo” volta ao Rio, no Teatro Dulcina, com preços populares e em curta temporada, até 14 de novembro. A programação consiste em trazer um ícone importante da cultura brasileira quando se celebra o mês da Consciência Negra. O projeto comemora a reabertura do teatro para o público e aos sábados também fará transmissão ao vivo atraindo espectadores de outras cidades e até países.

A peça, com a atriz Cyda Moreno, apresenta um retrato contundente da ex-catadora de papel que se transformou na maior escritora negra do país do século XX:  best seller com mais de um milhão de exemplares vendidos,  traduzido em 13 idiomas para 80 países. Carolina Maria de Jesus devotava a sua vida a um propósito: seu amor à literatura que a fez tirar do lixo as palavras, e das palavras, uma forma de combater as desigualdades do mundo.  Não é à toa que Carlos Drummond de Andrade a considerou “a mais necessária e visceral flor do lodo”.

O livro “Quarto de Despejo” serviu de base para a adaptação teatral e  evidencia as inquietudes  sociais e as experiências emocionais de quem vive na falta,  também aponta a  trajetória ímpar da escritora que deixou mais de 4.500 páginas em seus manuscritos. Ainda à espera de publicação. O texto, com dramaturgia de Elissandro de Aquino,  apresenta  fragmentos da autora através de “Quarto de Despejo”, “Diário de Bitita”, “Casa de Alvenaria”, pesquisa biográfica e provérbios. Sua obra que inspira Conceição Evaristo, Elisa Lucinda entre outros apresenta um retrato de quem vive à margem, na luta pelo pão de cada dia sem perder a fé, a coragem e o sonho que transcende e inspira. 

Post Patrocinado

A literatura de Carolina Maria de Jesus só foi redescoberta na década de 90, graças ao pesquisador brasileiro José Carlos Sebe Bom Meihy e do norte-americano Robert Levine. No exterior, porém, ela nunca deixou de ser lida e estudada, sobretudo nos EUA, onde “Quarto de Despejo”, traduzido como “Child of the Dark”, é utilizado nas escolas.

Foto: Luana Mello.

Ficha Técnica

Texto: Elissandro de Aquino. Direção: Isaac Bernat. Elenco: Cyda Moreno.

Serviço

Local: Teatro Dulcina – Rua Alcindo Guanabara, 17 – Centro – Rio de Janeiro.

Datas: Até 14/11. Quartas a domingos, 19h (presencial). 6 e 13/11. Sábados, 19 (on-line).

Ingressos: R$30,00 (inteira) e R$15,00 (meia-entrada).

Classificação: Livre.

Link para ingressos: https://www.aovivoja.com/.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AVISO!

Em virtude da pandemia de Covid-19, alguns eventos foram cancelados ou sofreram alterações. Centros Culturais ou espaços de exposição também fecharam.

Consulte sempre antes de se direcionar a um evento presencial.

X