O Portal da Arte Brasileira

Espetáculo “A menina com um buraco na mão” faz sessões presenciais e lança série de animação

0 12

O espetáculo teatral infantojuvenil “A  Menina com um buraco na mão” acontece entre os dias 14 e 17 de abril, no Teatro Glaucio Gill, em Copacabana, e de 21 a 24 de abril, no Teatro Arthur Azevedo, em Campo Grande.  A idealização é de Alice Cruz e Sergio Kauffmann, que também assinam a dramaturgia em parceria com Elisa Ottoni. A direção é de Sergio Kauffmann e a direção musical de Rafael Lorga. O projeto foi contemplado pelo Prêmio FUNARJ de Montagem Teatral 2021. O Teatro Glaucio Gill e o Teatro Arthur Azevedo são espaços da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa/FUNARJ.

Uma menina que de tanto deixar as coisas caírem, um dia ouve de sua avó: “Menina, parece que você tem a mão furada!”. O buraco na mão, então, torna-se real e enorme. Enquanto as coisas continuam caindo pelo buraco criado em sua mão, a menina busca respostas sobre a sua existência na ancestralidade e no tempo que gasta junto com as coisas do mundo.

A versão teatral foi criada com inspiração na série audiovisual de mesmo nome, desenvolvida pela dupla de idealizadores em 2020, que mescla técnicas de stopmotion e pixelation. O terceiro e último episódio será lançado no Youtube no dia 08 de abril e ficará disponível nos dias 9 e 10 de abril de forma gratuita para todo o Brasil. Além do terceiro episódio serão exibidos, também, os episódios 1 e 2 da série como uma oportunidade de crianças de todo o país conhecerem a obra em sua versão audiovisual.

Post Patrocinado

A história é dividida em três etapas – ou atos. No primeiro, a protagonista percebe o buraco que cresce em sua mão, e busca entender, a partir do que fala a sua avó, como aquilo pode ter surgido. No segundo ato, sem conseguir esquecer o buraco, a menina sai à procura do seu cachorro Boris, mas acaba percebendo que todas as coisas do mundo falam sobre mão: um carro na contramão; uma placa de trânsito com uma mão desenhada; passantes que falam expressões brasileiras sobre mão; e, por fim, uma vidente que não pode saber o futuro de alguém com um buraco no meio das mãos.  No último ato, a menina resolve investigar o passado da família e mergulha nas páginas de um álbum de fotografias. Ali acaba descobrindo que sua tataravó angolana tinha o mesmo buraco nas mãos.  O espetáculo tem como eixo principal a figura de uma criança que questiona o seu lugar no mundo, em um processo lúdico de descoberta de sua individualidade e de suas origens. Brincando com a literalidade do pensamento infantil, no qual a imagem da “mão furada” se torna real, materializada em um buraco em sua mão, a protagonista busca entender sua singularidade e suas origens. 

Ficha Técnica

Idealização, História Original e Produção: Alice Cruz e Sergio Kauffmann. Direção: Sergio Kauffmann. Dramaturgia: Elisa Ottoni, Alice Cruz e Sergio Kauffmann. Direção Musical e Trilha Sonora Original: Rafael Lorga. Desenho de Luz: Bernardo Lorga. Cenografia, Figurino e Adereços: Alice Cruz. Elenco: Izzy Venntura, Jef Lyrio, Nilson Barbosa e Sara Hana.

Serviço

Série de Animação On-line. Estreia: 8/4. Sexta, 19h. Disponível até 10/4. Acesso: Grátis. YouTube: A Menina com o Buraco na Mão.

Presencial

Local: Teatro Glaucio Gill – Praça Cardeal Arcoverde, s/n – Copacabana – Rio de Janeiro. Temporada: 14 a 17 de abril. Quinta-feira, às 19h, e de sexta a domingo, às 17h. Ingressos: R$40,00 (inteira) e R$20,00 (meia-entrada). Informações: (21) 2332-7904.

Local: Teatro Arthur Azevedo – R. Vítor Alves, 454 – Campo Grande – Rio de Janeiro. Temporada: 21 a 24/4. Quinta a domingo, 17h. Ingressos: R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia-entrada).Informações: (21) 2332-7516.

Classificação: Livre.

Link para ingressos: https://funarj.eleventickets.com/#!/home

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AVISO!

Em virtude da pandemia de Covid-19, alguns eventos foram cancelados ou sofreram alterações. Centros Culturais ou espaços de exposição também fecharam.

Consulte sempre antes de se direcionar a um evento presencial.

X