O Portal da Arte Brasileira

Eliete Cigaarini dirige “Bardo sem Filtro” com textos de Shakespeare e transmissão on-line

0 20

Valorizar a comédia escondida por trás das cenas contidas em quatro peças de William Shakespeare foi o desafio imposto a si mesma pela diretora Eliete Cigaarini ao montar “Bardo sem Filtro”. O espetáculo de teatro audiovisual, como define, montado pela encenadora com sua ShakeCena  Cia. de Pesquisa Teatral será apresentado em março, em transmissão online pela plataforma Sympla.

Com a proposta de aproximar o público destes textos de William Shakespeare: “Trabalhos de Amor Perdido”, “A Megera Domada”, “Bem Está o que Bem Acaba” e “Muito Barulho Por Nada”, a diretora, que já encenara com o grupo as peças no teatro, escolheu as cenas que melhor se adequariam ao ambiente digital.

A adaptação suprimiu a segunda pessoa dos textos e manteve 90% do material do dramaturgo inglês, iluminando os trechos de tom cômico. Como os atores interpretam de suas casas, a diretora optou por lançar mão do chroma key, recurso da plataforma de streaming que permite a fusão de imagens. Para tirar maior proveito e investir na qualidade técnica, o grupo fez pesquisa na plataforma digital.

Post Patrocinado

Na direção dos atores, a encenadora provocou-os a buscarem a verdade e a organicidade, a se envolverem com a trama e com a gênese de suas personagens, e assim se divertirem também.

Ficha Técnica

Texto: William Shakespeare. Tradução e adaptação: Eliete Cigaarini. Direção artística: Eliete Cigaarini. Elenco: Fernando Vieira, Maira Natássia, Carol Martinni, Bryan Parasky, Renan Vilas, Caio Magaldi, Bárbara Pochetto, Ivan Bonari e Thiago Heidje.

Serviço

Datas: 6 a 28/2/21. Sábados e domingos, 20h.

Ingressos: A partir de R$12,50.

Plataforma: Sympla.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

X