Edileuza Santos participa do #EmCasaComSesc para falar sobre Danças Negras Contemporâneas

Com o objetivo de incentivar a reflexão no contexto desafiador em que nos encontramos, a série Ideias, promovida pelo Sesc São Paulo por intermédio de seu Centro de Pesquisa e Formação (CPF), traz a transmissão ao vivo de debates sobre as principais questões que tensionam a agenda sociocultural e educativa atual. Sempre às 16h, as conferências acontecem pelo canal do YouTube do Sesc São Paulo, com participação do público e tradução simultânea para a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Na quarta, 29 de Julho, o debate “Danças Negras Contemporâneas: registros, memórias e legados” trará discussões acerca do epistemicídio no universo das artes, com foco na produção de danças negras no país, e o olhar decolonial abordado na curadoria da 13ª temporada do programa Dança Contemporânea do SESC TV. Com a diretora artística, dançarina, professora e coreógrafa Edileuza Santos, a idealizadora e diretora artística da Cia. Sansacroma, grupo paulistano de dança contemporânea preta, Gal Martins, e Kanzelumuka, integrante da Nave Gris Cia Cênica e do Grupo de Terreiro de Investigações Cênicas. A apresentação e mediação é de Talita Rebizzi, assistente de Dança na Gerência de Ação Cultural do Sesc São Paulo.

Serviço

Data: 29/7. Quarta, 16h.

Confira nas Redes Sociais.

Compartilhe!