O espetáculo “Rituais de Suspeição”, da Cia. Sansacroma, faz curtíssima temporada entre os dias 1 e 4 de agosto no Sesc Pompeia. A pesquisa de linguagem da Cia. fundamenta-se no conceito da Dança da Indignação. A montagem  pretende ser um relato de todos os atravessamentos que os corpos negros e/ou periféricos vivenciam em seus processos de construção de suas singularidades.

O conceito surgiu da necessidade e do amadurecimento estético do grupo nos últimos anos, e responde a necessidade de se criar um processo de fruição da dança que dialogue com as questões e interesses coletivos. O espetáculo compõe o projeto da Sansacroma denominado Entre corpos negros e homens de bem”, baseado na pesquisa de doutorado do sociólogo paulistano Uvanderson da Silva.

Além de trazer à tona estigma aplicado às pessoas negras, o projeto procura abordar uma temática que se torna necessária diante das atuais discussões em que a Cia Sansacroma está inserida: o estigma das pessoas negras como suspeitas aos olhos da Lei.

Foto: Sheila Signário.

Ficha Técnica:

Direção Artística: Gal Martins.

Direção Coreográfica e Concepção do espetáculo: Gal Martins e Djalma Moura .

Intérpretes Criadores: Aysha Nascimento, Érico Santos, Ciça Coutinho, Flip Couto, Marina Souza, Tiago Begins, Malu Avelar, Victor Almeida e Djalma Moura.

Serviço

Local: Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93 – Água Branca – São Paulo.

Temporada: 1 a 4/8. Quinta a sábado, 21h30. Domingo, 18h30.

Ingressos: R$20 (inteira), R$10 (meia-entrada) e R$6 (credencial plena).

Classificação: 14 anos.

Compartilhe!