A Quasar Cia. de Dança apresenta o espetáculo “O Que Ainda Guardo” dias 14 e 15 de setembro no Teatro Alfa. Uma das principais representantes da dança produzida no Brasil, o grupo de Goiânia completa 31 anos de atuação nos palcos nacionais e internacionais. No palco, a criação de Henrique Rodovalho foi inspirada em icônicas composições da bossa nova.

Os mais de 60 anos de canções, nascidas de encontros entre compositores da zona Sul do Rio de Janeiro, e a memória emotiva que cada uma das letras e notas deste cancioneiro provoca, foram essenciais para o coreógrafo produzir e desenvolver o espetáculo. Referência no estilo contemporâneo e conhecida por tentar provocar a plateia sobre o tema que seus bailarinos estão dançando, a Quasar preserva esta característica para este espetáculo.

Os bailarinos fazem movimentos que aparentam ser simples, mas possuem uma técnica complexa, para transmitir ao público a origem da Bossa, derivada do samba e com elementos do jazz, e resgatar a história da Quasar. “O espetáculo retoma vários espetáculos meus ao longo desses 30 anos. Até por isso, a escolha do nome “O Que Ainda Guardo”. Trata-se do guardo da Bossa Nova e dos meus trabalhos”, afirma o coreógrafo.

Ficha Técnica

Criação e direção coreográfica: Henrique Rodovalho.

Bailarinos: Claudionor Alves, Gabriela Leite, Gustavo Silvestre, Jackeline Leal, Jey Santos, Loretta Pelosi, Marcella Landeiro, Rafael Abreu, Rafael Luz e Thaís Kuwae.

Serviço

Local: Teatro Alfa – Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722 – Santo Amaro – São Paulo.

Data: 14 e 15/9. Sábado, 20h. Domingo, 18h.

Ingressos: Plateia – R$ 90,00 (inteira) e Plateia Inferior – R$ 75,00 (inteira).

Informações: (11) 5693-4000.

Compartilhe!