O Portal da Arte Brasileira

Coletivo Mandíbula estreia “Enquanto Borbulha” no Rio

0 18

O que vem primeiro: o ovo ou galinha? Quando eu piso no chão, ele me pisa também? Somos planetas, pessoas ou apenas um grãozinho de terra? Desde que o mundo é mundo questionamos sobre as coisas e o que nos cerca. “Enquanto Borbulha” parte dessa inquietação inerente ao ser humano para propor uma reflexão sobre como a imaginação, as palavras e as invenções definem a relação do indivíduo com a sociedade e o meio ambiente em que está inserido.

Encenado e dirigido por Laura Samy e Miwa Yanagizawa (diretora assistente), ambas com significativas experiências na dança e no teatro, respectivamente, o espetáculo faz duplas sessões nos dias 14 e 15 de maio, às 11h e 17h, no Teatro Gláucio Gil, em Copacabana. Este é o primeiro projeto do Coletivo Mandíbula, que inclui ainda a dramaturga Clarice Lissovsky, o diretor musical Rodrigo Maré, a iluminadora Lara Cunha, além da participação do dançarino Bruno Duarte como artista convidado.

A história se desenrola através de perguntas, anedotas e experimentos. Começa a partir da conversa de três cientistas que realizam experiências no interior de um laboratório enquanto falam sobre algumas lembranças e motivações que os trouxeram até ali e os conhecimentos adquiridos durante o processo de pesquisa na vida de cada um. Assim como as crianças, os personagens questionam sobre o movimento das coisas e embarcam em um universo onde uma experiência leva a outra, um gesto leva ao outro, numa teia de caminhos tão rica quanto a criatividade infantil e tão certeira quanto o conhecimento científico.

Post Patrocinado

Ficha Técnica

Direção: Laura Samy. Diretora assistente: Miwa Yanagizawa. Dramaturgia: Clarice Lissovsky, Laura Samy e Miwa Yanagizawa Iluminação e gambiarras de luz: Lara Cunha. Trilha sonora original: Rodrigo Maré. Figurino: Raquel Theo. Direção de Produção: Silvio Batistela e Sérgio Saboya. Idealização e Coordenação: Coletivo Mandíbula. Atuação/criação: Laura Samy, Miwa Yanagizawa e Bruno Duarte.

Serviço

Local: Teatro Glaucio Gil – Praça Cardeal Arcoverde, s/n – Copacabana – Rio de Janeiro.

Datas: 14 e 15/5. Sábados e domingos, 11h e 17h.

Classificação: Livre.

Ingressos: R$30,00 (inteira) e R$15,00 (meia-entrada).

Informações: (21) 2332-7904.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AVISO!

Em virtude da pandemia de Covid-19, alguns eventos foram cancelados ou sofreram alterações. Centros Culturais ou espaços de exposição também fecharam.

Consulte sempre antes de se direcionar a um evento presencial.

X