O Portal da Arte Brasileira

Clássicos do cinema mundial ficam disponíveis até 31 de maio, na programação do #EmCasaComSesc

0 8

Diferentes décadas e países desenharam a trajetória do audiovisual até aqui. Sempre atento às obras consagradas não apenas por críticos, mas também por amantes do cinema, o CineSesc, desde o início da pandemia do coronavírus, tem levado gratuitamente ao público de todo o Brasil uma curadoria de filmes que marcaram e marcam a história da sétima arte. Os títulos têm estreia semanal na série Cinema #EmCasaComSesc, da plataforma Sesc Digital. Com rotatividade no catálogo, produções clássicas e contemporâneas, nacionais e internacionais, ficam em cartaz por períodos determinados.

Às vésperas de completar um ano no ar, a série Cinema #EmCasaComSesc se despede de alguns dos filmes que acompanharam a plataforma desde seu lançamento, em junho de 2020, e se tornaram queridinhos de audiência. Na lista de títulos que deixam o catálogo na próxima segunda-feira, dia 31 de maio estão os clássicos Mamma Roma, de Pier Paolo Pasolini (1962), A hora do Lobo, de Ingmar Bergman (1967), A Carruagem de Ouro, de Jean Renoir (1952), Violência e Paixão, de Luchino Visconti (1974), Os Palhaços, de Federico Fellini (1970), De Crápula a Herói, de Roberto Rossellini (1959) e Kapo – Uma História do Holocausto, de Gillo Pontecorvo (1960), além do documentário chileno preamiado no Festival de Berlim O Pacto de Adriana, de Lissette Orozco (2017). 

Serviço

Post Patrocinado

Em cartaz até 31/5.

Disponível em www.sescsp.org.br/cinemaemcasa

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

X