[Cinema – RJ] CCBB recebe, até 9 de março, a Mostra “Mel Brooks – Banzé no Cinema”

[Cinema – RJ] CCBB recebe, até 9 de março, a Mostra “Mel Brooks – Banzé no Cinema”

O Centro Cultural Banco do Brasil recebe, até 9 de março, a Mostra “Mel Brooks – Banzé no Cinema”.  Trata-se da mais abrangente retrospectiva audiovisual sobre o diretor, ator, roteirista, compositor e produtor, considerado um dos maiores diretores americanos de comédias de todos os tempos. Considerado genial por Billy Wilder e Alfred Hitchcock, sua obra é uma mistura única de surrealismo, burlesco, musical, crítica social e análise cinematográfica. 

Com curadoria de Eduardo Reginato e José de Aguiar,  a mostra exibirá 29 filmes, em digital e 35mm, sendo 11 longas-metragens de Mel Brooks, 1 episódio da série Agente 86 (Mel criou os personagens, produziu e colaborou com os roteiros), 1 curta (animação ganhadora do Oscar que tem a voz de Mel Brooks no protagonista), 5 documentários abrangendo 60 anos de seu trabalho como diretor, ator e produtor, além de 11 longas-metragens de diretores que foram influenciados ou influenciaram Mel Brooks, sendo um deles a produção O Homem-Elefante, de David Lynch, que Mel Brooks produziu quando ninguém acreditava no talento do excêntrico diretor iniciante.

Dentre os destaques selecionados, estão Primavera Para Hitler (The Producers, 1967), Banzé no Oeste (Blazing Saddles, 1974), O Jovem Frankenstein (Young Frankenstein, 1974), A Última Loucura de Mel Brooks (Silent Movie, 1976) e A História do Mundo Parte I (History of the World: Part I,1981). 

Além da mostra haverá também debate sobre a obra de Mel Brooks no dia 13 de fevereiro, às 19h, com os palestrantes Gabriel Esteves, roteirista do Porta dos Fundos e João Marcos Rodrigues, Redator-Chefe do programa Lady Night, com mediação do curador Eduardo Reginato. 

Serviço

Local: Centro Cultural Banco do Brasil : Rua Primeiro de Março, 66 – Centro – Rio de Janeiro.

Exibição: Até 9/3. 

Ingressos: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia-entrada).

Classificação: 12 anos.

Sem comentários

Insira um Comentário