A  27ª edição do Festival Anima Mundi, realizado entre 24 e 28 de julho, promoverá a exibição de 15 animações em realidade virtual (VR) no Instituto Itaú  Cultural. O público poderá acessar, de forma rotativa, 18 estações de realidade virtual, nas quais filmes de 10 países diferentes são explorados por meio de uma experiência imersiva no universo interativo. A programação do Anima Mundi realizada no instituto é gratuita.

Nesta seleção, competem dramas, aventuras, documentários de todo o mundo e um clipe.  O Brasil tem três representantes nessa mostra: O Sumidouro de Ágreda (2019), dirigido por Márcio Moraes, uma aventura assistida pelo público em 360°, na qual um barqueiro conhece o caminho de saída do local para onde todos vão, após serem raptados para a Terra dos Ekitumans e rejeitados por experimentos genéticos; Madame Galeria (2018), de Bruno da Silva Pedroza, uma viagem ao Cosmos na qual o espectador interage em pé e tenta descobrir um pouco mais sobre o seu eu interior; e Henfil (2018), de Angela Zoé Meireles Sachetto, também acompanhada em 360°, com narrativas paralelas sobre o cartunista. Com óculos de VR, o público mergulha no universo de seus personagens mais queridos, como a Graúna, Zeferino e Caboco Mamadô.

O Instituto também apresentará animações fora da competição. A programação completa pode ser conferida em  www.animamundi2019.com.br e www.itaucultural.org.br.


Serviço

Local: Itaú Cultural – Avenida Paulista, 149 – Bela Vista – São Paulo.

Data: 24 a 28/7. Quarta-feira a domingo.

Ingressos: Grátis.

Classificação: Livre.




Compartilhe!