[Cinema] Festa da Francofonia começa em 21 de março com exibição de filmes no Sesc Vila Mariana

[Cinema] Festa da Francofonia começa em 21 de março com exibição de filmes no Sesc Vila Mariana

Em 20 de março comemorou-se o Dia Internacional da Francofonia. Aliado à sua política de valorização da cultura, o Sesc São Paulo apoia e promove a Festa da Francofonia que tomará duas de suas unidades entre os dias 21 e 30 de março.

A Festa da Francofonia é fruto da OIF (Organização Internacional da Francofonia), órgão criado em 1970, responsável pela promoção da cultura de toda comunidade francófona, reunida pelo seu idioma, o francês.

Confira a programação:

A Nossa Espera (Dir.: Guillaume Senez. FRA/BEL, 108’. 12 anos) Olivier é o politizado funcionário de uma fábrica, onde questiona seus superiores em defesa dos colegas de trabalho. Um dia é surpreendido com o súbito desaparecimento da esposa, Laura. Sem saber o que aconteceu nem para onde ela foi, Olivier precisa conciliar o trabalho com a criação dos dois filhos, Elliot e Rose, surgindo então novos conflitos éticos e emocionais.

Data: 21/3. Quinta, 15h.

 

Me Tire uma Dúvida.

(Dir.: Carine Tardieu. FRA, 2017, 100’. 10 anos).

Aos 45 anos, o viúvo Erwan descobre acidentalmente que o homem que o criou não é seu pai verdadeiro. Ele inicia uma busca para descobrir o pai biológico e logo localiza Joseph, um homem de 70 anos que sua mãe conhecia brevemente. Erwan se encanta por Joseph e também por Anna, que possui laços com ambos.

Data: 22/3. Sexta, 15h.

 

Félicité.

(Dir.: Alain Gomis. FRA, 2017, 123’. Livre.)

Félicité, livre e orgulhosa, é cantora da noite de um bar em Kinshasa. Sua vida muda quando o filho de 14 anos sofre um acidente de moto. Para salvá-lo, ela embarca em uma corrida frenética pelas ruas da cidade, embalada por músicas e sonhos.

Data: 22/3. Sexta, 20h.

 

Fortuna.

(Dir.: Germinal Roaux. SUI/BEL, 2018, 106’. 12 anos). Fortuna, uma jovem etíope de 14 anos, está sendo acolhida junto a outros refugiados por uma comunidade monástica católica nos Alpes suíços. Lá conhece o jovem Africano Kabir, por quem se apaixona. Eles abandonarão sua hospitalidade tradicional? Eles serão capazes de acolher Fortuna para uma nova vida?

Data: 28/3. Quinta, 15h.

 

Le Vent Tourne.

(Dir.: Bettina Oberli. SUI/FRA/BEL, 2018, 86’. 12 anos). Pauline e Alex, casal que vive no campo em profunda harmonia com a natureza é surpreendido pela chegada de Samuel, técnico que vem instalar uma turbina eólica e, desde então, passa a perturbar os valores morais do casal.

Data: 28/3. Quinta, 20h.

 

Hochelaga, Terra das Almas.

(Dir.: François Girardo. CAN, 2017, 100’. 12 anos). O arqueólogo Mohawk Baptiste Asigny promove uma busca por seus antepassados após a trágica queda de um terreno no Estádio Percival Molson. Quando o estádio é evacuado, poucas horas depois, um sítio arqueológico é revelado e séculos de história são investigados.

Data: 29/3. Sexta, 15h.

 

Pieds nus dans l’aube.

(Dir.: Francis Leclerc. CAN, 2017, 118’. 12 anos). No ano de 1927, Felix passa seu último ano com a família antes de iniciar os estudos no outono. Acompanhado por Fidor, seu melhor amigo, ele enfrentará grandes desafios de adversidade, relações amorosas, perdas e embarcará assim no caminho da vida adulta.

Data: 29/3. Sexta, 20h.

 

Serviço

Local: Sesc Vila Mariana – Rua Pelotas, 141 – Vila Mariana – São Paulo.

Programação: 21 a 29/3. Diversos horários.

Ingressos: Grátis. Retirar 1h antes na Central de Atendimento.

Informações: (11) 5080-3000.

 

Sem comentários

Insira um Comentário