“Ciclo da Autora Homenageada – Elizabeth Bishop” ganha versão on-line

O “Ciclo do autor homenageado”, uma atividade que há vários anos antecede a FLIP e já tratou das obras de Mário de Andrade, Lima Barreto, Hilda Hilst e Euclides da Cunha, ganha, em 2020, versão on-line a partir do dia 10 de agosto. A proposta é abordar a obra e a biografia da poeta americana Elizabeth Bishop (1911-1979) sob aspectos variados. Bishop, além de ser uma das grandes poetas do século 20, viveu duas décadas no Brasil. O país serviu de matéria para parte sua produção literária e epistolar. Bishop também traduziu poemas e organizou uma antologia de poesia brasileira. Com curadoria de Fernanda Diamant, este ciclo é uma parceria do SESC São Paulo com a FLIP.

A abertura do ciclo acontece no dia 10 de agosto com uma conversa entre o poeta norte-americano Lloyd Schwartz, que foi amigo de Bishop e organizou alguns de seus livros postumamente, e Paulo Henriques Britto, o tradutor e principal divulgador da obra da poeta no Brasil. 

No dia 11 de agosto, a escritora Marilene Felinto, que fez uma série de reportagens para a Folha de S.Paulo, nas quais entrevistou amigos e visitou os lugares onde viveu a poeta americana, conversa com a poeta Alice Sant’Anna, que também é a atual editora de Bishop na Companhia das Letras. 

No dia 13 de agosto, duas escritoras e tradutoras Stephanie Borges e Flora Thomson-DeVeaux conversam sobre tradução de poesia, a relação entre gênero e tradução, a experiência de traduzir literatura brasileira para o inglês, e também sobre a poesia de Elizabeth Bishop. 

Em 14 de agosto, o fotógrafo José Alberto Nemer conta histórias de sua amizade com Elizabeth Bishop, em diálogo com Humberto Werneck, um dos maiores cronistas brasileiros.

Nos dias 17 e 18 de agosto, o poeta, tradutor e professor Paulo Henriques Britto conta ao público como foi o trabalho de traduzir Elizabeth Bishop, além de organizar e apresentar sua obra (entre prosa, poesia e correspondência) para o público brasileiro. 

A tradutora Regina Przybycien e Paulo Henriques Britto, conversam, no dia 19 de agosto, sobre o livro Feijão preto e diamantes, que examina a visão do Brasil na obra de Elizabeth Bishop.

No dia 20 de agosto, a dramaturga Marta Góes, que escreveu Um porto para Elizabeth Bishop, peça baseada na vida e na obra da poeta, e a atriz Regina Braga, prêmio APCA de melhor atriz nessa peça, relembram o processo de criação do espetáculo. 

O encerramento acontece no dia 21 de agosto, com uma apresentação de poesia e música com a poeta Angélica Freitas e cantora e compositora Juliana Perdigão. 

Serviço

Inscrições: A partir de 3/8, 14h.

Link para inscrições: sescsp.org.br/cpf

Período do evento: 10 a 21/8.

Ingressos: Grátis (mediante inscrições).

Compartilhe!