O Portal da Arte Brasileira

Cia. Fragmento de Dança apresenta “Mulheres em Cena” de 24 a 29 de agosto

0 16

“Mulheres em Cena”, projeto idealizado por Vanessa Macedo e produzido pela Cia. Fragmento de Dança, que surgiu em 2018, chega à 5ª edição expandido e transformado em Mostra Artística. Serão seis dias, de 24 a 29 de agosto, com atividades on-line que exploram materiais autobiográficos e o depoimento como linguagem cênica. No encerramento, em 29 de agosto, às 19h, as artistas envolvidas se encontram com o público, para um bate-papo on-line pela plataforma Zoom.

A mostra abre na terça, dia 24, às 19h, com o workshop “Feminino e Autoficção”, tendo à frente a atriz Raíza Rameh propondo pensar formas de narrar a experiência feminina e reconhecê-la como sujeito portador da sua verdade junto à ficção. Sócia do Instituto do Ator e atriz da Cia de Cinema IRMA, Raíza Rameh tem especialização em Psicanálise e mestrado em Estudos Contemporâneos das Artes.

A partir de quarta, todos os dias, às 10h da manhã, acontece uma atividade teórica e/ou prática, girando em torno de temas relacionados a gênero, feminismo, ancestralidade e performatividades do feminino, com uso de materiais autobiográficos e depoimentos na cena, conduzidas pelas artistas Debora Campos, Alice Vieira Barros, Kika Souza, Heloísa Sousa e Luiza Saad (Teatro das Cabras – Natal/RN). Artistas, estudantes e pessoas interessadas em participar das atividades, que serão realizadas ao vivo on-line, precisam fazer inscrição.

Post Patrocinado

As apresentações das performances têm início na quinta e vão até sábado – 26 a 28 de agosto -, sempre com dois trabalhos por noite, às 20h e 21h, transmitidos pelo canal do Youtube da Cia. Fragmento. O primeiro é “Lavra – Esboço1”, atual pesquisa da artista  Érica Tessarolo, que transpõe para a dança um termo usado no preparo da terra, para afirmar um corpo em permanente estado de cultivo. Na sequência, é a vez de “Ela passou por aqui”, uma obra de ficção da dramaturga Isabella Mariotti, mas também uma peça sobre como foi e como poderia ter sido a sua vida.

A transmissão de sexta, 27, começa com “Bruma”, criação de Luisa Coser, co-criada e interpretada por Patrícia Pina Cruz, que questiona o significado de ser mulher, revisitando e absorvendo gestos de outras mulheres para fazer emergir uma espécie em mutação. O segundo trabalho, “Salivas”, de Emilene Gutierrez, é uma tentativa de tornar corpo uma espécie de subjetividade feminina, na qual a atriz se lança em disparadores físicos para a criação de estados, textos e ações, gerando zonas de fricção entre as linguagens.

 A artista interdisciplinar baiana Rubi dos Santos entra no sábado, 28, com a dança manifesto “Carne Viva”. Corporificando uma narrativa própria, por meio de cenas de improvisação, dança e teatro, sobre o entendimento do que é ser uma mulher preta na diáspora africana hoje, tem o desejo de ressignificar um imaginário assentado em mitos de subalternidade. Por último, com “Venganza: Pega homem?”, Laís Efstathiadis e Wini Lippi, da Coletiva Verborrágika, agrupamento que tem como linha de pesquisa a interseccionalidade de narrativas entre mulheres periféricas, mulheres cis/transgêneres e mulheres mães, propõem um experimento construído a partir de relatos de abusos sexuais vividos pelas próprias integrantes da coletiva. Encontram, no deboche, o meio de estancar as feridas expostas pelas violências sofridas, enquanto denunciam a cultura do estupro estruturada pela sociedade cisheteropatriarcal.

No domingo, último dia da mostra, às 16h, tem congraçamento com o “Sarau Afro Mulheres Negras da Quebrada Hip Hop”, comandado por Adelina Maria Martins, com participações das convidadas Ada, Anna Cristo, Doris, Gatinhas Futuristas, Luciene Torquato e Victoria Saimon, e microfone aberto para quem quiser somar. Para participar também é necessária inscrição. A mostra se encerra com uma conversa com as artistas sobre seus processos de criação, aberta pela plataforma Zoom, às 19h.

Serviço

Transmissão on-line.

Datas: 24 a 29/8. Terça a domingo.

Programação: https://www.ciafragmentodedanca.com.br/mulheres-5a-edição.

Link para inscrições: https://www.ciafragmentodedanca.com.br/mulheres-5a-edição.

YouTube: Canal Cia. Fragmento de Dança.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

X