O Portal da Arte Brasileira

Cia. BR116 estreia teatrofilme “Gaivota” em 12 de outubro

0 14

Anton Tchékhov, autor que é figura central da dramaturgia do teatro russo, ganha uma versão inédita de um de seus clássicos, “A Gaivota”, interpretada pela Cia. BR116, que estreia no dia 12 de outubro de 2021 no canal do YouTube do grupo.

“Gaivota” – sem o artigo “a” das traduções mais comuns – é a segunda empreitada cinematográfica da trupe que, ao longo da pandemia, tem se dedicado a testar os limites  de coexistência entre o teatro e o cinema através de uma nova linguagem, o teatrofilme. A motivação para realizar a obra surgiu a partir da própria peça, no quarto ato, quando a jovem atriz Nina diz: “Eu tenho fé e não sinto tanta dor. E, quando penso na minha vocação, eu não tenho medo da vida”.

“Gaivota” foi gravada seguindo todos os protocolos de prevenção à Covid-19 em um sítio em Itu, no interior de São Paulo, onde a equipe e o elenco ficaram isolados por cerca de 20 dias. A obra conta a história de um núcleo familiar e seus agregados, enfatizando o conflito entre Arkádina (Bete Coelho), uma célebre atriz; seu filho Treplev (Matheus Campos), que pretende ser dramaturgo e escritor; a jovem aspirante a atriz Nina (Luiza Curvo), por quem ele é apaixonado; e o famoso escritor Trigórin (Flávio Rochaa), companheiro de Arkádina. A eles unem-se Sórin (Marcos Renaux), irmão de Arkádina e dono da propriedade rural onde todos se encontram, o médico Dorn (Diego Machado), o professor Medvedenko (Murillo Carraro), a esposa do administrador do local, Polina (Muriel Matalon), e sua filha Macha (Viviane Monteiro). Na adaptação da Cia. BR116, com tradução de Marcos Renaux, a voz de Tchékhov (Luiz Frias) também se torna personagem, operando como uma espécie de criador que guia os pensamentos e os destinos das personagens.

Post Patrocinado

Durante a temporada, a Cia. BR116 irá promover encontros e reflexões em torno dos temas que circundam “Gaivota”, desde elementos técnicos para a produção do teatrofilme, como fotografia e cenotecnia, até diálogos e cruzamento do texto de Tchékhov com o contexto social e político do Brasil. Os encontros, que reúnem convidados especiais e artistas parceiros, acontecem através do perfil da companhia no Instagram e, também, do seu canal no Youtube.

Ficha Técnica

Texto: Anton Tchekhov. Direção: Gabriel Fernandes e Bete Coelho. Elenco: Bete Coelho, Luiza Curvo, Matheus Campos, Flavio Rochaa, Muriel Matalon, Diego Machado, Viviane Monteiro, Murillo Carraro, Marcos Renaux, Domingos Varela, Theo Moraes e João Carvalho.

Serviço

Transmissão on-line.

Datas: 12/10 a 21/11. Quartas a domingos, 20h. Sessões extras aos sábados e domingos às 15h.

Ingressos: Grátis.

Site: www.ciabr116.com.

Instagram: @cia.br116.

YouTube: Canal Cia. BR116.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

X