Centro de Pesquisa Teatral do SESC-SP expõe a coleção digital do espetáculo "Fragmentos Troianos"

Desde o dia 14 de dezembro de 2020 está no ar mais uma edição das Coleções e Acervos Históricos CPT_SESC com itens do acervo CPT. A peça selecionada dessa vez é “Fragmentos Troianos”, que será disponibilizada na plataforma Sesc Digital para acesso gratuito.

Com imagens do figurino criado pelas artistas Jacqueline Castro Ozelo, Joana Pedrassolli Salles e Cibele Álvares Gardin, além de peças gráficas e outros itens que retratam o espetáculo, a nova coleção contém elementos cênicos que evocam um cenário de guerra, de campo de concentração nazista, reforçando a luta e a perseverança contra o “mal”.

“Fragmentos Troianos” é a primeira de um ciclo (não-oficial) de adaptações de tragédias gregas realizada pelo CPT – junto com Medeia e Antígona. Em comum, apresentam mergulhos no universo feminino – todas com mulheres como protagonistas – e um processo de criação focado na busca do que Antunes chamou de a sonoridadetrágica, uma forma de interpretar tragédias no palco. A pesquisa vocal e corporal buscou radicalizar a voz que se usa no cotidiano, conferindo à interpretação mais dramaticidade para retratar o sentimento (e o sofrimento) dos atores.

A peça é uma adaptação do texto “As Troianas”, escrito por Eurípedes em 415 a.C. que retrata o final da Guerra de Tróia a partir de arquétipos femininos, os ciclos de fertilização, geração e morte.

As Coleções e Acervos Históricos CPT_SESC trazem ao público seleções dos figurinos e outros itens de peças encenadas pelo CPT em seus 38 anos de trajetória. Um minucioso trabalho de pesquisa possibilitou a recomposição e restauro de 150 trajes cênicos compostos por 470 itens, de 12 espetáculos.

Foto: Bob Sousa.

Serviço

Disponível na plataforma Sesc Digital.

Compartilhe!