Casa Guilherme de Almeida está com inscrições abertas para cursos

Entre as atividades gratuitas oferecidas pela Casa Guilherme de Almeida ainda neste ano, encontram-se os cursos “Obras abertas: história sincrônica da literatura” (Ciclo Fernando Pessoa) e “Escrever o filme, filmar o poema: fusões e contaminações entre poesia e cinema”, além da live com Luiza Adas, idealizadora do Museu do Isolamento. Também estão abertas as inscrições para o processo seletivo do Programa de Aprimoramento em Tradução Literária, a ser realizado de março a dezembro de 2021 pelo Centro de Estudos de Tradução Literária do museu.

A Casa Guilherme de Almeida faz parte da Rede de Museus-Casas Literários da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerenciada pela Poiesis.

O Centro de Estudos de Tradução Literária da Casa Guilherme de Almeida está com inscrições abertas até 15 de janeiro de 2021 para a 2ª edição do Programa de Aprimoramento em Tradução Literária. Essa especialização é voltada para profissionais que estão traduzindo uma obra literária em qualquer língua estrangeira para o português e com objetivo de publicação. As aulas serão realizadas de março a dezembro de 2021, com encontros quinzenais aos sábados, das 14h às 17h. A orientação dos participantes estará a cargo de Jiro Takahashi.

O curso Obras abertas: história sincrônica da literatura | Ciclo: Fernando Pessoa em vozes alheias – Os heterônimos relidos por outros autores abordará a apropriação do sistema heteronímico por escritores contemporâneos. As aulas serão ministradas por André do Amaral, poeta, doutor em Letras pela UNESP e há cinco anos dedicado ao estudo da Poesia Experimental Portuguesa. Pelo Google Meet, os encontros ocorrem em 16, 23 e 30 de outubro; 6, 13 e 20 de novembro, sextas-feiras, das 19h às 21h. O curso é gratuito e a inscrição precisa ser feita pelo link http://bit.ly/3i3X55t.

Nos textos escolhidos, Fernando Pessoa ortônimo, os heterônimos Álvaro de Campos, Alberto Caeiro e Ricardo Reis – além do semi-heterônimo Bernardo Soares – se transmutam em personagens literários fora do corpus pessoano e alcançam tons imprevisíveis na caracterização original, já conhecida pela complexidade e cuidadosamente concebida por Pessoa entre 1914 e 1935. Aqui, a ficcionalização interna se mostra na medida em que os escritores agregam e releem os heterônimos valendo-se da não-originalidade como modo de produção literária.

Já o curso Escrever o filme, filmar o poema: fusões e contaminações entre poesia e cinema será nos dias 19 e 26 de outubro, segundas-feiras, a partir das 19h, pelo Google Meet. O curso é gratuito e a inscrição fica aberta pelo link http://bit.ly/332PEao.

Com aulas de Yasmin Bidim, pesquisadora, poeta, artista da imagem e doutoranda em Estudos da Literatura na UFSCar, a proposta do curso é observar o que há de poesia no cinema e o que há de cinema na poesia, levando em conta aspectos formais e estéticos que transitam de uma arte a outra. Serão abordadas obras de Marília Garcia, Marcos Siscar, Jean Luc-Godard, Maya Deren, Michael Snow, Chantal Akerman, entre outros, além de conceitos do filósofo Gilles Deleuze e das críticas literárias Rosa Maria Martelo e Joana Matos Frias.

O bate-papo Casa Guilherme de Almeida e Museu do Isolamento convida Luiza Adas, idealizadora e criadora do Museu do Isolamento , ação totalmente virtual e concebida durante a quarentena causada pela Covid-19 para divulgar os trabalhos de artistas que estão produzindo no período de isolamento social. O encontro está marcado para o dia 9 de outubro, sexta-feira, às 16h30.

A conversa com Alexandra Rocha, coordenadora do Núcleo Educativo da Rede de Museus-Casas Literários de São Paulo e bacharel em Artes Plásticas pela ECA-USP, irá abordar os objetivos e o contexto de realização atual, além das características iniciais de ações culturais e educativas realizadas on-line. Não é necessária inscrição e a atividade será transmitida pelo Facebook e canal de YouTube da Casa Guilherme de Almeida.

Foto: Susanne Jutzeler.

Serviço

Programa de Aprimoramento em Tradução Literária 2021
Orientação: Jiro Takahashi
Inscrição aberta até 15/01/2021.  Acesse: http://www.casaguilhermedealmeida.org.br/traducao-literaria/aprimoramento.php
15 vagas | R﹩ 300,00 – taxa única de matrícula
Público-alvo: tradutores literários que estão traduzindo uma obra literária em qualquer língua estrangeira para o português e com objetivo de publicação (sem a necessidade de um contrato de edição).

Obras abertas: história sincrônica da literatura – Ciclo: Fernando Pessoa em vozes alheias – Os heterônimos relidos por outros autores
Com André do Amaral
Sextas-feiras, dias 16, 23 e 30 de outubro; 6, 13 e 20 de novembro, das 19h às 21h
Plataforma: Google Meet
Gratuito | 200 vagas
Inscrição até 14/10 – http://bit.ly/3i3X55t

Escrever o filme, filmar o poema: fusões e contaminações entre poesia e cinema
Com Yasmin Bidim
Segundas-feiras, dias 19 e 26 de outubro, das 19h às 21h
Plataforma:GoogleMeet
Gratuito | 200 vagas
Inscrição aberta até 15/10 – http://bit.ly/332PEao

Casa Guilherme de Almeida e Museu do Isolamento
Com Alexandra Rocha e Luiza AdasSexta-feira, 9 de outubro, às 16h30Plataforma: Facebook e YouTubeNão é preciso fazer inscrição prévia. Grátis.
Sexta-feira, 9 de outubro, às 16h30
Plataforma: Facebook YouTube
Não é preciso fazer inscrição prévia. Grátis.

Serviço

Programação Gratuita online durante a pandemia em:

http://www.casaguilhermedealmeida.org.br/ e http://poiesis.org.br/maiscultura/

Compartilhe!