“Caipirismo” reúne obras de José Antônio da Silva e Jocelino Soares no Sesc Bom Retiro

O retrato de um centro urbano que floresceu na região hoje conhecida como “sertão”,  espaço no qual surge o sertanejo e se manifesta o caipirismo, é o fio condutor da exposição Caipirismo – José Antônio da Silva e Jocelino Soares, com curadoria de Odécio Visintin Rossafa Garcia e Romildo Sant’Anna, em cartaz de outubro de 2020 a janeiro de 2021 no Sesc Bom Retiro. A mostra pode ser visitada gratuitamente pelo público de terça a sexta, das 15h às 21h, e aos sábados, das 10h às 14h, mediante agendamento prévio no site da unidade e o visitante deve usar máscara facial.

O público poderá ver de perto  cerca de 25 obras de José Antônio da Silva e 22 trabalhos de Jocelino Soares. São conjuntos que estabelecem um diálogo a partir de temas como o mundo rural, desmatamentos, chuvas, florais, colheitas, o mundo das águas, árvores de ypê e aspectos do trabalho no campo. São abordados, também, os encontros com as tradições folclóricas, festas, religiosidades e o sentimento de saudade da vida no campo.

José Antônio da Silva nasceu e cresceu no meio agropastoril e é considerado um pintor de arte naïf de grande relevância no Brasil. Também estão presentes obras políticas de autoria de Silva, nas quais discute certos aspectos do mundo da arte, além de destacar as diferenças entre campo e a modernidade urbana a partir do olhar cultural caipira.

As telas de Jocelino Soares, por sua vez, retratam o campo, as roças, as festas e colheitas das famílias caipiras, além de seu cotidiano de trabalho árduo. Vale ressaltar a relação estabelecida entre as próprias obras e a vivência e origem do artista no trabalho rural, além da presença, sempre renovada, da memória e admiração pela cultura popular.

Além das pinturas produzidas por José Antônio da Silva e Jocelino Soares, a exposição traz livros de autoria dos artistas. São romances ambientados no mundo rural, que resgatam características do universo caipira do interior do estado de São Paulo.

Serviço

Local: Sesc Bom Retiro – Alameda Nothmann, 185, Bom Retiro – São Paulo.

Curadoria: Odécio Visintin Rossafa Garcia e Romildo Sant’Anna.

Visitação: Até 31/1/2021. Terça a sexta, 15h às 21h. Sábados, 10h às 14h.

Tempo de visitação: Até 45 minutos.

Classificação: Livre.

Ingressos: Grátis.

Agendamento de visitas:www.sescsp.org.br/bomretiro

Compartilhe!