O Portal da Arte Brasileira

“As Graças” celebram 25 anos da companhia com a mostra Tantas Vozes, a partir de 7 de novembro

0 10

Em comemoração às duas décadas e meia de atuação, “As Graças” apresenta, a partir do dia 7 de novembro de 2021, a mostra de repertório Tantas Vozes: 25 anos da companhia teatral As Graças. O grupo apresenta cinco obras em diferentes regiões da cidade, ocupando espaços de outros núcleos teatrais, com quem farão ações culturais diversificadas, como oficinas, intervenção artística e bate-papos.

Todo o projeto, os espetáculos programados e atividades são dedicados à memória de Juliana Gontijo, integrante e uma das fundadoras d’As Graças, que morreu em fevereiro de 2021. Composta atualmente pelas atrizes Eliana Bolanho e Vera Abbud, nesta mostra também participam como atrizes convidadas Daniela Schitini, que foi integrante fixa por vinte anos, Kátia Daher, Nilcéia Vicente e Paola Musatti.

O primeiro coletivo com quem serão feitas essas trocas é as Clarianas, grupo musical formado por três cantoras/atrizes (Martinha Soares, Naloana Lima e Naruna Costa), uma rabequeira (Ca Raiza), um violonista (Giovani Di Ganzá), um baixista (Augusto Luna) e uma percussionista (Jackie Cunha), que tem como mote principal a investigação da voz da mulher ancestral na música popular do Brasil a partir do contexto da música “natural”,  de tradição popular, dos cantos caboclos de matriz africanordestina-indígena-periférica, das comunidades brasileiras. As atividades acontecem no palco do Circular Teatro, o ônibus-teatro da Cia As Graças, assim como as apresentações dos outros grupos. Também está agendada uma oficina de voz que acontece na sede das Clarianas, o Espaço Clariô (R. Santa Luzia, 96 – Vila Santa Luzia, Taboão da Serra – SP), na zona sul de São Paulo.

Post Patrocinado

As artistas passam ainda pelos espaços do Quilombo Sambaqui, na zona norte (Jardim Guarani – Brasilândia); do grupo Rosas Periféricas, na zona leste (Parque São Rafael); do grupo Negro Sim, na zona oeste (Butantã); e do Ocupa 9 de Julho, no Centro. Em cada espaço, serão feitas cinco apresentações dos espetáculos d’As Graças e o grupo parceiro abrirá a mostra com espetáculo ou intervenção de sua autoria. A ocupação conta  também com uma oficina de voz coordenada por Juliana Amaral destinada preferencialmente às mulheres da comunidade, integrantes do grupo e artistas da região. Em cada espaço, serão ainda programadas rodas de conversas com datas a serem divulgadas.

Para a ocupação, foram selecionados espetáculos que evidenciam diferentes tipos de utilização do ônibus-teatro – desde o uso de seu palco frontal até a sua inserção como elemento cenográfico em espetáculos itinerantes. O ônibus é uma marca da evolução da dramaturgia do grupo para rua, evolução que será mostrada por completo nas ocupações a fim de que o público de cada região possa acompanhar as escolhas estéticas e temáticas que o coletivo desenvolveu ao longo de todos esses anos.

Foto: João Caldas.

Serviço

Local: Praça do Campo Limpo – Rua  Dr. Joviano Pacheco de Aguirre, 30 – Jardim Bom Refúgio – São Paulo.

Espetáculos e sessões: Canto a Canto. 7/11. Domingo, 15h. Clarianas. 7/11. Domingo, 16h. Tem Francesa no Morro. 13/11. Sábado, 16h. Nas Rodas do Coração. 14/11. Domingo, 16h. Marias da Luz. 20/11. Sábado, 16h. Quem Vem de Longe. 21/11. Domingo, 16h.

Ingressos: Grátis.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AVISO!

Em virtude da pandemia de Covid-19, alguns eventos foram cancelados ou sofreram alterações. Centros Culturais ou espaços de exposição também fecharam.

Consulte sempre antes de se direcionar a um evento presencial.

X