[Artes Visuais] Fundação Bienal disponibiliza conteúdos do Arquivo Histórico Wanda Svevo e catálogos de edições passadas

[Artes Visuais] Fundação Bienal disponibiliza conteúdos do Arquivo Histórico Wanda Svevo e catálogos de edições passadas

O Arquivo Histórico Wanda Svevo sobre arte moderna e contemporânea é referência na América Latina. Mas quem foi Wanda Svevo?

Wanda Matijevic Schmitz Svevo nasceu em Trieste, Itália, em 1921. Chegou ao Brasil em 1940. Foi secretária geral da Bienal e ajudou a criar seu arquivo. Veja aqui documentos e imagens sobre essa importante mulher.

Em 1993, o Arquivo Bienal foi considerado Patrimônio Histórico pelo Condephaat. Saiba mais sobre o Arquivo com depoimentos da curadora e crítica de arte Aracy Amaral e do curador Ivo Mesquita. Conheça, ainda, o dia a dia de profissionais que trabalham para preservar a história da Bienal por meio do Projeto Acervos, responsável pelo tratamento integrado de toda a documentação desde 2015.

Além disso,  está disponibilizado o catálogo da 24ª Bienal de São Paulo (1998). Com curadoria geral de Paulo Herkenhoff e curadoria-adjunta de Adriano Pedrosa, a edição, intitulada Um e/entre outro/s, ficou conhecida como a “Bienal da Antropofagia” em referência ao título da exposição de seu núcleo histórico, “Antropofagia e Histórias de Canibalismos”.

Na introdução da publicação, Herkenhoff afirma: “O Núcleo Histórico deveria partir de uma visão não eurocêntrica. Qual o momento denso da história da arte no Brasil? O conceito de ‘espessura’ demarcava respostas: barroco, modernismo, neoconcretismo ou anos 60/70. O modernismo ofereceu uma resposta desafiadora: a antropofagia. O movimento que toma corpo em São Paulo em 1928 com Tarsila do Amaral e Oswald de Andrade se espalha no tempo pela cultura brasileira enquanto estratégia de emancipação cultural.

Confira o Acervo em http://www.bienal.org.br/arquivo

Confira o Catálogo em http://www.bienal.org.br/publicacoes/7054

Sem comentários

Insira um Comentário