O Portal da Arte Brasileira

Aquela Cia. estreia “Chega de Saudade!” no Sesc Consolação

0 11

“Chega de Saudade!”, a mais recente obra teatral da Aquela Cia., chega aos palcos presenciais. As apresentações acontecem de 19 de março a 24 de abril de 2022, no Teatro Anchieta, no Sesc Consolação. A direção é de Marco André Nunes e o texto de Pedro Kosovski.

A peça foi encenada virtualmente em 2021, e para a temporada presencial volta ao conceito original, passando por algumas adaptações. Neste novo trabalho, o grupo retoma (ficcionalmente) personagens, biografias e memórias da Bossa Nova, na emergência de um Rio de Janeiro do “amor, do sorriso e da flor”, dos anos 1950 e 1960, em uma versão somente com atrizes e atores negros. No elenco estão Blackyva, Felipe Oládélè, Hugo Germano, Izak Dahora, Jessica Barbosa, Muato e Polly Marinho.

As canções-ícone do movimento conduzem a narrativa, compondo um fluxo emocional que evoca e, ao mesmo tempo, atualiza o movimento musical, fazendo um paralelo entre o Rio de Janeiro cantado nas canções idílicas e como de fato é a cidade, na visão de um grupo de artistas com perspectivas distintas.

Post Patrocinado

Uma fábula da bossa nova: a emergência de um Rio de Janeiro do “amor, do sorriso e da flor” no final dos anos 50 e início dos anos 60, em uma versão dissonante performada  por atrizes e atores negros que criaram, colaborativamente, ao longo dos anos pandêmicos de 2020/21/22 esta obra. As canções-ícone do movimento  são ressignificadas compondo um fluxo emocional que evoca, atualiza e transgride afetos “Bossa Nova”. O uso da fotografia e de materiais de arquivo aponta para a construção histórica de uma sensibilidade cultural e estética de uma nação supostamente inventiva, “cordial” e cosmopolita, hoje, explicitamente marcada por violências e traumas políticos, raciais e sociais. Esta obra é dividida em três partes, “Sorriso” “Flor” e “Amor”. Na primeira parte, uma reconstituição do célebre sarau no apartamento de uma jovem Nara Leão. Na segunda parte, artistas tentam realizar um documentário que busca ser uma canção de amor um tanto quanto amarga para ser ouvida hoje. Na parte final, personagens, atrizes, atores, fantasmas e seres vivos em uma descida ao inferno onde se faz escutar o grito: Chega! Chega de saudade!  Seria possível sustentar algum lirismo em tempos como os nossos? Qualquer espécie de lirismo que rompa a mudez do horror?

Por conta da pandemia, a liberação dos ingressos é feita semanalmente, não mais para toda a temporada. Então essa data do serviço é alterada semanalmente, mas, após a estreia, usamos apenas “Ingressos disponíveis para venda em sescsp.org.br ou nas bilheterias das unidades do Sesc São Paulo”.

Foto: João Julio Mello.

Ficha Técnica

Direção: Marco André Nunes. Texto: Pedro Kosovski. Colaboração de texto e Interlocução: Rodrigo de Arruda. Narrações: Polly Marinho e Pedro Kosovski. Direção Musical: Felipe Storino. Cenário: Ciro Shu e Marco André Nunes. Figurino: Fernanda Garcia. Iluminação: Renato Machado. Baterista: Pitee Batelares. Elenco: Blackyva, Felipe Oládélè, Hugo Germano, Izak Dahora, Jessica Barbosa, Muato e Polly Marinho.

Serviço

Local: Sesc Consolação – Rua Doutor Vila Nova, 245 – Consolação – São Paulo.

Temporada: 19/3 a 24/4. Exceto 15/4. Quinta a sábado, 21h. Domingos e feriados, 18h.

Classificação: 16 anos

Ingressos: R$40,00 (inteira) e R$20,00 (Credencial Plena e meia-entrada).

Link para compra de ingressos: www.sescsp.org.br

Informações: (11) 3234-3000.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

X