Roberta Zerbini lança “Pedra Pássaro” nas principais plataformas e em seu canal

Roberta Zerbini acaba de lançar “Pedra Pássaro”, que pode ser ouvido nas principais plataformas. A cantora tem história na música. Estuda canto desde criança, nele se formou pelo conservatório de Tatuí e dele teve aulas com professores vocais como Ná Ozzetti, Naná Vasconcelos, Letieres Leite e Badi Assad.

Em 2013 lançou seu primeiro disco, Organika, e no ano seguinte cantou releituras de compositores consagrados percorrendo o tema das águas no espetáculo Olhos de Rios. Ela acaba de lançar “Pedra Pássaro”, que pode ser ouvido nas plataformas.

Em 2019 começou a gravar “Pedra Pássaro”, mas a pandemia deu novos contornos aos planos e ela decidiu gravar o disco em 2 atos. O primeiro deles tem 5 faixas, reunindo novas composições próprias e também canções que não são de sua autoria mas que dialogam com o renascimento de se tornar mãe.

Através das canções do delicado primeiro ato de “Pedra Pássaro”, Roberta Zerbini recria o espaço tempo do vazio e da imensa experiência de perder-se de si para, então, se encontrar. Sem medo, ela convoca o público a experimentar esse espaço através de arranjos ora elaborados, ora minimalistas, timbres diversos e sobreposições vocais inspiradas por artistas como Maria Bethânia e Zé Miguel Wisnik.

“Pedra Pássaro” conta com os músicos André Bordinhon e João Antunes (que também assinam a produção do álbum), Eric Hirsch, Guegué Medeiros, Yoon Choi e com as participações especiais de Andrea dos Guimarães, Felipe José e Ricardo Prado. Gravado nos estúdios Canto da Coruja, em Piracaia, Lebuá e Cachuera, em São Paulo. A capa do disco tem design gráfico assinado por Laura Wrona e ilustração por Muká, filho da artista. 

Serviço

Instagram: @betazerbini.

YouTube: Canal Roberta Zerbini.

2021Roberta Zerbini
Comentários (0)
Comentar