O Portal da Arte Brasileira

13˚ FEMINA – Festival Internacional de Cinema Feminino acontece on-line e gratuito até 9 de maio

0 15

O FEMINA – Festival Internacional de Cinema Feminino, confirma a realização da 13ª edição de 2 a 9 de maio, no formato on-line, com acesso inteiramente gratuito para todo o Brasil no site Innsaei.

O festival anuncia, também, a relação de filmes selecionados para as mostras de Competição Nacional e Internacional, além dos filmes que integram as sessões da Programação Especial Dividindo a conta, Eu gosto é de mulher e Experimental. O festival realizará, também, ao longo da semana,  a sessão de acessibilidade e fará uma homenagem à Tata Amaral, além de promover o Seminário Femina, também de forma on-line.

Dos 50 títulos que integram a programação geral, 26 filmes são brasileiros, dos estados de RJ, SP, MG, PR, SC, GO, PB e PE. Já os 24  filmes internacionais são oriundos de produções e coproduções da França, Sérvia, Canadá, China, Alemanha, Espanha, Portugal, Hong Kong, Áustria, Turquia, Catar, EUA, Bélgica, Hungria, Irã, Suíça, Noruega, Grécia, Polônia, Cingapura, Uzbequistão, Moldávia, Indonésia, Austrália. A idealização e a curadoria do festival são de Paula Alves e Eduardo Cerveira. A iniciativa tem o apoio da Prefeitura do Rio, por meio da RioFilme, órgão que integra a Secretaria Municipal de Governo e Integridade Pública (SEGOVI).

Post Patrocinado

Na sessão de abertura do festival, no dia 2, segunda-feira, às 21h, será exibida a estreia do longa-metragem Pejzaži otpora (Paisagens de resistência) (França/Sérvia/Alemanha, 2021), de Marta Popivoda. O longa traça a jornada pelas memórias da lutadora antifascista Sonja (97), uma das primeiras guerrilheiras da Iugoslávia, que também esteve entre os líderes do movimento de resistência em Auschwitz. O longa ficará em exibição por 48 horas.

Na edição de 2022 o festival homenageia a cineasta Tata Amaral.  Além de exibir o filme HOJE, escolhido pela própria diretora, o festival realizará um bate-papo com ela que será exibido junto ao filme.

O Festival surgiu em 2004 para ser um espaço de reflexão sobre as desigualdades de gênero no audiovisual, de promoção do trabalho das mulheres em funções chave no cinema, especialmente na direção, e de incentivo a novas realizadoras e a entrada das mulheres no mercado audiovisual. Desde a primeira edição realização debates e encontros a fim de reunir convidadxs dos meios cultural e intelectual, como profissionais do cinema, pesquisadores e professores, jornalistas, etc.

Serviço

Transmissão On-line.

Exibição: 2 a 9/5.

Classificação: 12 anos.

Acesso: Grátis.

Programação: www.feminafest.com.br

Exibição on-line:https://innsaei.tv/

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AVISO!

Em virtude da pandemia de Covid-19, alguns eventos foram cancelados ou sofreram alterações. Centros Culturais ou espaços de exposição também fecharam.

Consulte sempre antes de se direcionar a um evento presencial.

X