Um roteiro com o melhor que Paris pode te oferecer

(Créditos: Reprodução/Tumblr)

 

Moda, arte e gastronomia. Paris provavelmente não vai te decepcionar em nenhum desses quesitos. Mas por onde começar em uma das cidades mais visitadas do mundo? Pensando nisso, nós selecionamos o melhor que a cidade francesa pode te oferecer durante a sua estadia.

+ Os melhores lugares para se visitar na Cidade do México

Confira abaixo o roteiro que fizemos para a sua viagem à cidade luz ser inesquecível:

 

(Créditos: Reprodução/Tô Longe de Casa)

Basílica de Sacré Coeur

A longa subida vale a pena. O prêmio? Uma das melhores vistas de Paris. Quem for católico pode fazer a sua oração na basílica inspirada na arquitetura romana e bizantina, que embora tenha começado a ser construída em 1875 , foi concluída em 1914.

 

(Créditos: Reprodução/Paulo Pereira)

Centre Georges-Pompidou

Antes um grande estacionamento no centro da cidade, hoje o Musée National d’Art Moderne, conhecido como Centro Georges Pompidou. Criado em 1977, o museu abre todos os dias e é o maior de arte moderna de Paris.

 

(Créditos: Reprodução/Wikipédia)

Torrei Eiffel

É claro que um dos símbolos mais famosos de Paris não poderia faltar na nossa lista, né? A Torre Eiffel começou a ser construída em janeiro de 1887, e os ingressos para subir nela variam entre 5 a 17 euros, dependendo de piso que você desejar descer. Se estiver disposto a desembolsar dinheiro, poderá ter uma refeição inesquecível no restaurante Jules Verne no topo da torre.

 

(Créditos: Divulgação)

Moulin Rouge

O tradicional cabaré parisiense e suas dançarinas foram temas de muitas das obras do pintor francês Henri de Toulouse-Lautrec. Se programe para assistir uma apresentação de cancan, e seja transportado para a belle époque.

 

(Créditos: Reprodução/Get Your Guide)

Musée du Louvre

Mona Lisa, a Vitória de Samotrácia e a Vénus de Milo são algumas das obras que vocês irão encontrar no Louvre. O museu mais visitado do mundo tem 223 anos e um acervo de mais de 380 mil itens, abrangendo oito mil anos da cultura e da civilização oriental e ocidental.

 

(Créditos: Reprodução/Discover Walks)

Marais 

O bairro parisiense fica no centro da cidade e surpreende por ser um bairro tanto dos judeus, quanto da comunidade gay. Aproveite para conhecer os brechós e lojas da região e quem sabe já garantir presentes para os amigos e familiares.

 

(Créditos: Reprodução/Travel to Eat)

Jardin des plantes

O jardim botânico é aberto ao público e integra o Museu Nacional de História Natural. Situado próximo a Grande Mesquita e o Rio Sena, a instituição tem 23,5 hectares, divididos entre estufas, rosário, jardim alpino e até um parque zoológico.

 

(Créditos: Navaz Batliwalla)

Fundation Louis Vuitton

Inaugurada em 2014, a fundação tem apenas 3.500m² e uma fachada de tirar o fôlego de qualquer turista. Na sua abertura, recebeu uma exposição com obras de Rodin, Picasso, Goya, Géricault, Ingres, entre outros.

Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo