Publicitário e artista José Zaragoza morre aos 86 anos em SP

O publicitário e pintor José Zaragoza morreu na madrugada desta segunda-feira (15/05) em sua casa no bairro do Jardins, Zona Oeste de São Paulo.

O comunicado foi feito pela DPZ (atual DPZ&T), agência que Zaragoza fundou em 1968 com o produtor gráfico Ronaldo Persichetti e os também publicitários Roberto Dualibi e Francisco Petit. 

 

 

TRAJETÓRIA NA PUBLICIDADE

Zaragoza nasceu na cidade espanhola de Alicante em 1930. Com pouco mais de 20 anos, chegou ao Brasil. Seu primeiro emprego foi como fotógrafo. Depois, ele ingressou na agência de publicidade Thompson como diretor de arte.

Em 1956,  deixa o país para estagiar na NBC nos Estados Unidos. Somente em 1968, é que cria a DZP. A agência tinha como missão um grande desafio: inovar a propaganda brasileira.

Em 2010, a DZP é vendida para o grupo francês Publicis. Zaragoza não deixa a agência que criou, continua nela até 2013.

 

José Zaragoza foi também fundador do Clube de Criação de São Paulo (CCSP). Nessa foto de 1975, da primeira diretoria, ele é o primeiro à esquerda 

 

 

CARREIRA COM PINTOR

Paralelamente a sua atuação no mercado publicitário, o espanhol também investiu em sua carreira como artista. 

Nos anos 1963 e 1967, as pinturas de Zaragoza foram exibidas na Bienal de São Paulo. Em 2005, sua produção é revisitada em exposição no Museu Brasileiro de Escultura (MUBe).

Sua última exposição ocorreu em 2016 na Canvas Galeria de Arte, sob o título Olympics.  Em cerca de 30 trabalhos, ela investiga os momentos de tensão e ansiedade na busca de medalhas por um atleta.

 

Trabalho de Zaragoza exibido na exposição "Olympics" (Créditos: Divulgação)

 

Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo