Geladeira cheia de livros convida jovens ao mundo das letras

O que pode acontecer quando você abre a geladeira? Opção 1: a comida acabou. Opção 2: o pote de sorvete é um embuste e guarda, na verdade, feijão. Opção 3: os alimentos foram substituídos por livros.

A opção 3 parece ser a mais irreal, porém, no Sesc Pompeia, ela é uma realidade. No projeto "Gelateca", o eletrodoméstico, queridinho de 100 entre 100 pessoas, recebe títulos de diferentes autores e editoras.

 

Projeto Gelateca estimula a leitura por meio de doação de livros por anônimos (Créditos: Divulgação)

 

O acesso aos livros geladinhos é fácil. A Gelateca fica no hall do teatro da unidade. Os livros são doados por anônimos e podem ser levados para casa. É uma espécie de doação em favor da leitura. 

Não há cobrança de qualquer taxa para retirar os livros. No entanto, estimula-se que visitantes doem títulos. Não há também restrição quanto idioma, a Gelateca aceita títulos em francês, inglês e italiano, dentre outras línguas. 

O horário de funcionamento da Gelateca é de terça a sábado, das 9h às 21h.

Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo