Fundação artística de NY apresenta novo programa multicultural

New York Art Residency and Studios Foundation - NARS (Fundação de Residência e Estúdio de Nova Iorque, em tradução literal) apresenta entre os dias 11 de maio e 1 de junho, a exposição LAND+BODY=Escape, na sua sede.

Reunindo 15 artistas brasileiros baseados nos EUA e Brasil, a mostra tem como foco trabalhos voltados para arte contemporânea, com curadoria de Tatiane Schilaro. 

 

Crédito:(Divulgação/Bia Monteiro)

 

Apresentando 15 artistas emergentes brasileiros baseados nos EUA e no Brasil, LAND+BODY=Escape (PAISAGEM+CORPO=Escape) subverte as tradicionais representações de paisagens e corpos brasileiros. 

Estes artistas buscam fugir das representações tradicionais ao mesmo tempo que aproveitam imagens emblemáticas brasileiras: em frente a floresta Amazônica e em ambientes urbanos das megalópoles. 

Composto majoritariamente por artistas mulheres, temas como identidade, raça, gênero e sexualidade estão presentes integral ou parcialmente nos processos artísticos. 

Paisagem e corpo são re-imaginados: partes confusas ou fragmentadas de memórias desfocadas e desestabilizadoras.  

Entre os nomes que fazem parte da exposição estão: Liene Bosquê, Júlia Brandão, Maritza Caneca, Karla Caprali, Jessica Fertonani Cooke, Bia Monteiro, Rodrigo Moreira, Júlia Pontés, Alice Quaresma, Luiz d'Orey, Mauricio Mallet, Fernanda Frangetto, Gustavo Prado, Mateu Velasco e Talita Zaragoza.

 

Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo