Cinco cursos que vão te ajudar a escrever melhor

(Créditos: Morgue File)

 

Escrever é um exercício que necessita dedicação e tranquilidade. Cursos de escrita criativa são uma boa pedida para quem sonha em se expressar melhor por meio de palavras, ou mesmo, escrever um livro. Para dar uma forcinha, listamos abaixo algumas opções. Analise com calma e escolha. Boa aventura.

 

// Ninho dos Escritos (Online)

O Ninho de Escritores Online está dividido em trilhas de aprendizagem. Cada trilha cuida de um aspecto específico da escrita e tem a função de afinar a sua percepção para ler e escrever melhor.

Cada trilha consiste em seis e-mails trazendo conceitos, exemplos e exercícios, seguidos de um encontro de uma hora por Skype com o fundador do Ninho de Escritores para revisar e comentar sua escrita e tirar suas dúvidas.

Duração? Até seis semanas.

Valor? Até 12x de R$ 33,33 no cartão de crédito (totalizando R$ 400). À vista, desconto de 25%: R$ 300.

// Oficina de Criação Literária (Online)

A Oficina Literária Online é um curso prático com técnicas de criação que podem ser usadas em toda a escrita literária. Os conteúdos da oficina foram pensados e produzidos exclusivamente para o ambiente digital e estão em constante atualização. Com mais de mil participantes desde sua criação, é indicada para quem é escritor e quer aprimorar o seu ofício ou para quem quer se iniciar na vida literária, pois a troca de textos com o professor permitirá um olhar mais técnico e crítico de seu trabalho.

Duração? 4 meses (60 horas/aula)
Investimento? R$ 210,00 para todo o curso

 

// Oficina de Escrita Criativa, com Rodrigo Petronio  (Presencial)

(Créditos: Divulgação/ Casa Contemporânea)

 

A Oficina de Escrita Criativa explora a criação verbal a partir de ferramentas como o autoficção, metaficção, escrita de si, cadernos do escritor e o atlas da memória.

Essas ferramentas de escrita apoiam-se sobretudo no Atlas Mnemosyne de Aby Warburg e no conceito de biografema de Roland Barthes. Valem-se também da dupla abordagem da literatura desenvolvida por Northrop Frye: o modo e mitoOs modos são as diversas maneiras de narrar. O mito é a busca do que será narrado.

A partir dessas abordagens, a Oficina se apoia em obras e em autores como referências para desenvolver ferramentas e exercícios. Explora a carpintaria dos textos. Revela os instrumentos utilizados pelos escritores para atingir determinados fins. Explicita como os textos conseguem produzir determinados efeitos sobre os leitores.

A Oficina também trabalha com modos de evitar os principais vícios, cacoetes, redundâncias, erros, deslizes e equívocos de linguagem.

Em termos práticos, a Oficina visa à produção de textos autorais, que serão comentados e avaliados, coletiva e individualmente.

Não é preciso ter experiência em literatura para participar da Oficina. A Oficina de Escrita Criativa se destina não apenas àqueles que queiram desenvolver uma carreira de profissional de escritor, mas a todos os interessados em aprimorar as técnicas da escrita.

Duração? De 02 de março a 29 junho de 2016. Quintas-Feiras, das 19h às 23h

Valor? a consultar.

Onde? Casa Contemporânea

Informações e inscrições? rodrigopetronio@gmail.com

 

// Oficina de Escrita para não-ficção (Online)

Utilize técnicas de retórica, jornalismo, publicidade e criação literária para escrever textos mais eficientes e criativos, sejam textos profissionais ou acadêmicos. Curso pensado para o formato digital, totalmente prático e com textos lidos e comentados pessoalmente pelo Prof. Dr. Marcelo Spalding, escritor, jornalista e professor universitário.

Duração? 3 meses (30 horas/aula)
Investimento? R$ 180,00 para o curso todo

// 8 passos para escrever um livro do zero (Online)

O escritor brasileiro, que vive e trabalha em Los Angeles, ajuda profissionais diversos a tirar o sonho do primeiro livro do papel. Para começar, basta se inscrever na newsletter do projeto "Escreva Sua História". Semanalmente, você vai receber uma lição. 

Duração? Você quem sabe.
Investimento? Gratuito.

Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo