Maria Alice Vergueiro abraça a morte em espetáculo no SESC

Maria Alice Vergueiro (ao centro) reflete sobre a morte em espetáculo que adota elementos nonsense (Crédito: Fábio Furtado)


Para a geração dos 20 e poucos anos, ela sempre será a hilária vovó do vídeo Tapa na Pantera, assistido por milhões no canal Youtube. No entanto, Maria Alice Vergueiro, 80 anos,  é uma veterana dos palcos que nunca se limitou a textos e personagens usuais. A atriz, que já foi dirigida por Augusto Boal, integrou o Teatro Oficina e fundou o Teatro Ornitorrinco, apresenta Why the horse -  O último ensaio no Sesc Santo André, entre os dias 19 e 21 de agosto.

>> Confira entrevista do site O Beijo com a atriz Maria Alice Vergueiro


O espetáculo tem como referências textos de Samuel Beckett, do cineasta Alejandro Jodorowsky e de outros tantos artistas. A ideia para a montagem veio dos próprios receios da atriz que, há 10 anos, lida com Mal de Parkinson e se locomove em uma cadeira de rodas, devido à artrose. Esbanjando energia e talento, Maria Alice cria no palco, ao lado dos colegas Luciano Chirolli, Carolina Splendore, Alexandre Magno e Robson Catalunha, o momento de sua morte.

  • Sesc Santo André - Rua Tamarutaca, 302 - Vila Guiomar, São Paulo
    (11) 4469-1200
    + Ver mapa
  • 19/08/2016 a 21/08/2016
  • Sexta e sábado: 20h. Domingo: 19h
  • R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia) e R$ 6 (credencial plena do SESC)
  • Classificação: 16 anos
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo