Teatro Ágora abre programação com clássico grego

Após reforma, o Ágora Teatro abre sua programação com Antígona. A peça fica em cartaz de 18 de agosto a 1 de outubro.

Com direção de Moacir Chaves, a montagem evidencia a potência poética do texto grego e revela seu escritor Sófocles absolutamente contemporâneo ao século XXI.

O elenco é formado por Celso Frateschi, Pascoal da Conceição e Naruna Costa.

 

(Créditos: Divulgação / Gisela Schlogel)

 

Para Celso Frateschi, a montagem levanta questões humanas, éticas, políticas, morais, psicológicas e filosóficas. “São questões que pela forma como são apresentadas provocam, emocionam e elevam artistas e espectadores ao lugar único do prazer estético”, conta ele.

Para além do confronto entre Antígona e Creonte, o espetáculo destaca o papel que o coro exerce na estrutura da peça, abstendo-se de intervir de forma decisiva no conflito.

Sua participação, dessa forma, funciona como uma justificativa, seja de ordem divina, apoiada na maldição da casa dos Labdácidas, seja de ordem mundana, temporal, aconselhando prudência a Antígona frente aos atos do tirano.

 

(Créditos: Divulgação / Gisela Schlogel)

 

“A atitude subserviente em relação a Creonte torna-se ainda mais patética por ser o coro composto por anciãos de Tebas, exatamente aqueles de quem se esperaria mais desprendimento e sabedoria. A dor se torna ainda mais pungente por ser evitável", afirma o direto Moacir Chaves.

E continua: "O que se percebe, no final de tudo, é que a trajetória rumo ao abismo poderia ser desviada, se os cidadãos tivessem a coragem para enfrentar a óbvia tirania."

  • Ágora Teatro - Rua Rui Barbosa, 672 - Bela Vista, São Paulo
    1132840290398
    + Ver mapa
  • 18/08/2017 a 01/10/2017
  • Quinta a sábado: 21h. Domingo: 19h.
  • Inteira R$ 20. Meia R$ 10.
  • Classificação: 14 anos.
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo