Releitura de comédia inglesa critica o vazio dos indivíduos

Retrato da sociedade contemporânea, onde a utopia e a esperança genuínas perderam-se no consumo desenfreado, Jantar, que fica em cartaz até 24 de abril no Teatro Viradalata,  mostra a dualidade do homem superficialmente bem-sucedido.

A versão brasileira da comédia londrina de humor ácido, critica o vazio espiritual da sociedade contemporânea. A trama traz um jantar entre amigos. Durante a refeição, ficam evidentes a vaidade e o egoísmo de personagens como um cientista, uma vegetariana, uma apresentadora e um escritor.

 

(Créditos: Divulgação)

 

Em uma entrevista ao jornal The Independent, a autora da peça Moira Buffini, também reconhecida roteirista de cinema e televisão, falou sobre seu processo de criação e de suas impressões a respeito da obra:

“Toda vez que eu tento escrever sobre algo realmente sério, acaba se tornando cômico. Em Dinner, queria mostrar um mundo fora do comum. Por isso, deliberadamente, criei personagens inteligentes, educados e liberais, mas miseravelmente egoístas, com um vazio espiritual e moral em seus corações. É trágico, realmente, mas segui adiante porque também é extremamente engraçado”.

“É uma dramaturgia bem contemporânea, com várias camadas. Um texto muito divertido e muito inteligente, muito político e agitado ao mesmo tempo, instigante, inteligente a ágil. O desafio da direção é conseguir dar conta de todas estas camadas com sutileza e múltiplos ritmos”, acrescenta.

 

(Créditos: Divulgação)
  • Teatro Viradalata - Rua Apinajés, 1.387 - Sumaré, São Paulo
    (11) 3868-2535
    + Ver mapa
  • 04/03/2017 a 23/04/2017
  • Sábado: 21h. Domingo: 20h
  • Inteira: R$ 40. Meia: R$ 20.
  • Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do teatro, de terça a sábado, das 14h às 23h, domingo das 9h às 22h.

Tags:

Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo