Peça infanto-juvenil usa realismo fantástico como metáfora

(Créditos: Divulgação / Camila Picolo)

 

Estreia dia 16 de setembro, no Sesc Pompeia, o mais novo espetáculo da Cia Simples: Skellig, da obra do britânico David Almond.

Em Skellig, a partir da junção da narrativa, do teatro e da dança, estão em cena referências poéticas e mitológicas que dão o tom de mistério e revelação, onde as aves e seus voos são metáforas para tratar de vida e morte, amizade e amadurecimento. 

A encenação – que contem mistério, dor e humor – está calcada no jogo do ator, na narrativa como elemento fundamental da cena. Para tanto, estimula a imaginação da criança e a compreensão que ela pode ter da vida, sem subestimá-la. 

Os atores se revezam nos personagens, nas múltiplas possibilidades do corpo como instrumento principal, sem cenários realistas. Como se o palco estivesse ocupado por um livro e os espectadores fossem os leitores. 

 

(Créditos: Divulgação / Camila Picolo)

 

Desde 2012, a Cia Simples busca colocar a literatura em cena e Skellig já é o terceiro espetáculo do grupo debruçado sobre a obra do autor britânico, um dos mais aclamados da literatura infantojuvenil na contemporaneidade. 

Nessa nova montagem, a diretora Quito reuniu os atores Daniela Duarte, Flavia Melman, Otávio Dantas, Natalia Mallo, Fabricio Licursi e Lucila Fazan para narrar as aventuras de Michael, um menino curioso e sensível, em seus encontros com um estranho ser alado que habita a garagem de sua casa nova.

 

(Créditos: Divulgação / Camila Picolo)

 

  • Sesc Pompeia - Rua Clélia, 93 - Pompéia, São Paulo
    (11) 3871-7700
    + Ver mapa
  • 16/09/2017 a 29/10/2017
  • Sábado, domingo e feriado: 12h.
  • Inteira R$ 12. Meia R$ 10. | Crianças de até 12 anos não pagam.
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo