O trabalho de Yoko Ono em retrospectiva no Tomie Ohtake

As obras da artista nipo-americana Yoko Ono chegam ao Instituto Tomie Ohtake, em exposição intitulada O céu ainda é azul, você sabe..., de 2 de abril a 28 de maio. A venda de ingressos da mostra começa em 1 de março.

Trata-se de uma grande retrospectiva da carreira de Ono, uma pioneira da arte conceitual que questionou as fronteiras tradicionais entre a obra e o público. Politizada, a artista octogenária é conhecida por seu engajamento na luta feminista, dentre outras causas.

 

Yoko Ono em intervenção com John Lennon (Créditos: Reprodução / Facebook)

 

São trabalhos criados a partir de 1955, quando ela compôs a sua primeira obra instrução, Lighting Piece (Peça de Acender, em inglês).

A performance é um dos eixos centrais da exposição, com as famosas Instruções, mensagens simples que convocam o público a realizar determinadas ações, como escutar o som da Terra girando ou observar um fósforo queimando.

A exposição é formada por 65 obras. Objetos, vídeos, filmes, instalações e gravações sonoras que permitem seguir a sua criatividade e produção artística pelos anos 60, 70, 80, até os dias atuais. As obras são apresentadas em diversos suportes para que o público possa interagir.

 

Obra intitulada "Fly" faz parte da exposição (Créditos: Reprodução)

 

  • Instituto Tomie Ohtake - Avenida Faria Lima , 201 - Pinheiros, São Paulo
    (11) 2245-1937
    + Ver mapa
  • 02/04/2017 a 28/05/2017
  • Terça a domingo: 11h às 20h
  • Inteira: R$ 12 / Meia: R$ 6
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo