Montagem de "Romeu e Julieta" reflete sobre o amor e a homofobia

(Créditos: Ronaldo Gutierrez)

 

Com sete atores em cenaRomeu e Julieta chega ao Teatro do Núcleo Experimental com uma proposta diferente do clássico shakesperiano. O espetáculo dirigido por Zé Henrique de Paula questiona como as questões de gênero moldam os papéis sociais e como a sociedade se relaciona com a homoafetividade e a homofobia. Com ingressos a R$ 40, a peça fica em cartaz de 6 de janeiro a 5 de fevereiro.

O Núcleo Experimental e o Teatro do Bardo trazem para o palco atores jovens, que se revezam nos papeis do casal, ora composto por dois homens ora por duas mulheres. Na história, moradores de uma cidade grande decidem passar a noite ensaiando Romeu e Julieta, alternando entre eles os papéis dos protagonistas. À medida que a peça avança em direção ao final trágico, a ficção e a realidade, o espaço e o tempo se misturam e abrem caminho para a violência, a paixão, o poder e a morte. Ao final, os artista notam que a trama se tornou real.

 

  •  (Crédito: Ronaldo Gutierrez)
    (Crédito: Ronaldo Gutierrez)
  •  (Crédito: Ronaldo Gutierrez)
    (Crédito: Ronaldo Gutierrez)
  •  (Crédito: Ronaldo Gutierrez)
    (Crédito: Ronaldo Gutierrez)
  •  (Crédito: Ronaldo Gutierrez)
    (Crédito: Ronaldo Gutierrez)
  •  (Crédito: Ronaldo Gutierrez)
    (Crédito: Ronaldo Gutierrez)
  •  (Crédito: Ronaldo Gutierrez)
    (Crédito: Ronaldo Gutierrez)
    • Teatro do Núcleo Experimental - Rua Barra Funda, 637 - Barra Funda, São Paulo
      (11) 3259-0898
      + Ver mapa
    • 06/01/2017 a 05/02/2017
    • Sextas e sábados: 21h. Domingos: 19h.
    • R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia).
    • Classificação: 14 anos.
    Comentários
    Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo