Masp completa 70 anos em outubro e ganha programação especial

(Créditos: Eduardo Ortega)

 

O mês de outubro ganha programação especial do MASP, que completa 70 anos. O museu, oficialmente inaugurado em 2 outubro de 1947, na rua 7 de abril, sede dos Diários Associados, preparou atividades gratuitas - shows, oficinas, visitas, palestra, seminário e filmes.

+ Festival Picco ganha apresentações gratuitas de jazz

Logo no primeiro dia do mês, um domingo,  o Museu ocupará o Vão Livre com shows de músicos independentes com Juçara Marçal, Paulinho Tó e a banda Teto Preto. Os shows acontecerão ao longo do dia, a partir das 11h, em um palco montado no Vão Livre do Museu.

Nos intervalos dos shows, desde as 10h, crianças, adolescentes e adultos poderão participar de diferentes oficinas gratuitas de jogos e brincadeiras, construção de estruturas modulares com madeira e tecido; práticas teatrais; e experimentações sonoras com instrumentos não convencionais.

Haverá ainda visitas especiais ao acervo do MASP para crianças de 6 a 13 anos, com a artista e educadora Elaine Fontana. E para os adultos, a visita abordará três tópicos: formação de acervo, com o curador-adjunto de arte europeia, Luciano Migliaccio; acervo e conservação, com Cecília Winter, Heber Kusano e Rafael Araújo, do núcleo do Acervo; e arquitetura e expografia, com o arquiteto Martin Corullon.

Além disso, durante todo o dia, o público poderá customizar camisetas, bolsas, cartazes, faixas e artigos pessoais em uma estação de serigrafia e impressão, onde serão aplicadas ferramentas e técnicas do universo da gravura. 

No dia oficial do aniversário, 2 de outubro, segunda-feira, o MASP estará aberto e terá entrada gratuita e horário de visitação estendido, das 10h às 22h.  A partir das 19h, serão abertas, excepcionalmente, as persianas das janelas do 2º andar, onde estão as obras do acervo do Museu. 

No restante do mês de outubro, o programa Diálogos no acervo terá visitas especiais sobre sua história, arquitetura e acervo, sempre às terças e sextas-feiras, às 16h. No dia 16 de outubro, a OSESP MASP apresentará  composições de Johann Sebastian Bach, Leonard Bernstein, Charlie Parker, Astor Piazzola e Roberto Sion em diálogo com a obra Composição com fundo amarelo e vermelho (1945), de Alexandre Calder.

Dia 18, é a vez do Clube de Leitura debater o livro O Amigo Americano – Nelson Rockfeller e o Brasil, de Antonio Pedro Tota. E nos dias 20 e 21 acontece o Seminário Histórias Afro-atlânticas que traz curadores, especialistas e artistas nacionais e internacionais para debater uma variedade de tópicos relacionados à África, às Américas, ao Caribe e à Europa, como "preparo" para a exposição coletiva homônima, programada para 2018.

O MASP encerra as atividades de seus 70 anos recebendo a 40a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, com exibições gratuitas no Vão Livre, de 23 a 28, a partir das 19h30. Antes das exibições, o Museu será homenageado com projeções de fotos e cenas que contam sua trajetória.

  • 5° Mostra Internacional de Cinema no MASP, 1981
    5° Mostra Internacional de Cinema no MASP, 1981
  • Aspecto da visita feita por autoridades municipais e jornalistas às obras do MASP
    Aspecto da visita feita por autoridades municipais e jornalistas às obras do MASP
  • Construção do MASP na Avenida Paulista, década de 1960
    Construção do MASP na Avenida Paulista, década de 1960
  • Construção do MASP, década de 1960
    Construção do MASP, década de 1960
  • Discurso de Pietro Maria Bardi ao lado de Assis Chateaubriand
    Discurso de Pietro Maria Bardi ao lado de Assis Chateaubriand
  • Lina Bo Bardi na construção do MASP na avenida Paulista
    Lina Bo Bardi na construção do MASP na avenida Paulista
  •  (Crédito: Eduardo Ortega)
    (Crédito: Eduardo Ortega)
    • Museu de Arte de São Paulo (MASP) - Avenida Paulista, 1578 - , São Paulo
      (11) 3251-5644
      + Ver mapa
    • 01/10/2017 a 31/10/2017
    • Terça a domingo: 10h às 18h. Quinta: 10h às 20h.
    • R$30 (inteira), R$15 (meia). Grátis às terças-feiras.
    Comentários
    Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo