Flicts, uma cor que não está no arco-íris

Em uma época em que preconceitos de todos os gêneros estão cada vez mais gritantes, o espetáculo Flicts, com direção e adaptação de Lívia Gaudencio, ensina para a criançada a importância de respeitar e aceitar o outro como ele é.

A peça, baseada na obra de Ziraldo, reestreia no Teatro Municipal da Mooca Arthur Azevedo, no dia 9 de junho.

 

(Créditos: Divulgação/Marcelo Carrusca)

 

Produzida a partir do primeiro livro infantil escrito pelo cartunista Ziraldo, a montagem narra o drama de uma cor chamada Flicts, que não está presente no arco-íris, nas bandeiras e nem em nada deste mundo.

Por esse motivo, o personagem é excluído e mal recebido onde quer que vá e parte em uma jornada mundo afora para descobrir o seu lugar. 

 

(Crédito:Divulgação/Rafael Pessanha)

 

Flicts é uma metáfora para as pessoas excluídas, solitárias e diferentes. A ideia da encenação é mostrar para os pequenos que o bullying e toda forma de discriminação devem ser tratados como algo nocivo e desrespeitoso, além de reforçar a noção de que cada um tem sua individualidade e subjetividade.

Outro tema é a relativização do belo, a noção de que a beleza não tem um padrão pré-determinado e cada um deve desenvolver seu pensamento crítico sobre o que é bonito ou não.

 

  • Teatro Arthur Azevedo - Av. Paes de Barros, 955 - Mooca, São Paulo
    1126058007398
    + Ver mapa
  • 09/06/2018 a 01/07/2018
  • Sábado e domingo: 16h.
  • Inteira R$16. Meia R$8.
  • No dia 17 de junho não haverá apresentação.
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo