Exposição tem desenhos de Anita Malfatti, Volpi e Portinari

 Emiliano Di Cavalcanti: Bordel (c.1938) (Créditos: Divulgação)

 

Em comemoração a seus 22 anos, a Ricardo Camargo Galeria apresenta a exposição Recorte Modernista, que apresenta desenhos das mais variadas técnicas de figuras como Di Cavalcanti, Candido Portinari, Tarsila do Amaral, Anita Malfatti, Antonio Gomide, entre outros.

+ Festival Sesc_Videobrasil chega a sua 20ª edição no Sesc Pompeia

A mostra também conta com uma escultura de Brecheret de Olívia Guedes Penteado, grande mecenas da época e uma das organizadoras da Semana de 1922. 

 

 Anita Malfatti, Jarro e Flores (c.1945,47) (Créditos: Divulgação)

 

A exposição coletiva apresenta ao público um recorte amplo do modernismo brasileiro: são 40 obras de um período que teve início com a famosa mostra de Anita Malfatti, em 1917, e que seguiu até o começo do abstracionismo com Antônio Bandeira, nos anos 1950. Di Cavalcanti, Tarsila, Portinari, Volpi, Antonio Gomide e Lasar Segall são alguns dos artistas que preenchem o espaço entre esses dois extremos que abraçam a arte moderna brasileira.

+ 10 vagas para você que quer trocar de emprego em Outubro

Entre as raridades que compõem a mostra, está Paisagem antropofágica com bicho (c. 1929), grafite sobre papel de Tarsila do Amaral. Outra exceção à regra da exposição é uma obra de Diego Rivera, seu contemporâneo mexicano. Camponesa (1940), uma quase pintura, traz uma figura vergada caminhando entre troncos e galhos de árvores desfolhadas que parecem braços e mãos suplicando aos céus.

  • Ricardo Camargo Galeria - Rua Frei Galvão, 121 - Jardim Paulistano, São Paulo
    (11) 3031-3879
    + Ver mapa
  • 22/09/2017 a 18/11/2017
  • Segunda a sexta: 10h às 19h. Sábado: 10 às 15h.
  • Entrada Gratuita.
Comentários
Escola Entrópica no Instituto Tomie Ohtake Museu de Arte Moderna de São Paulo